Um bairro que pode ser considerado jovem, muito estimado pelos moradores e que se desenvolveu até se tornar uma área importante da Cidade Sem Limites: estamos falando do Jardim Marambá.

Ao lado da Rodovia Marechal Rondon, vizinho do Jardim Contorno e próximo do Núcleo Habitacional Presidente Geisel, teve seu crescimento marcado pelo Condomínio Residencial Parque das Camélias, inaugurado na década de 1990. Os milhares de residentes do local, que possui mais de 700 apartamentos, atraíram estabelecimentos comerciais que se multiplicaram com o passar do tempo.

A vida no Jardim Marambá

Paula Santana é jornalista e conta que morou na região do Camélias por, pelo menos, cinco anos, frequentando-o até hoje. “Foi uma experiência muito boa e anos muito felizes! Quem mora por ali tem a seguinte frase quando perguntam como é viver no bairro: é como se fosse uma minicidade! Nós temos tudo por perto: desde supermercado até lavanderia, loja de roupas, espaços de lazer, lanchonete, sorveteria… de mecânico a lojas de eletrônicos! Tudo que você precisa sempre disponível“, conta.

Como Bauru é enorme, repleta de empreendimentos e possibilidades, essa característica também é lembrada em outros bairros, como a Vila Falcão. No entanto, por este último ser o bairro mais antigo da nossa cidade, o Marambá se destaca por ser mais novo e seguir em expansão.

De acordo com Paula, outras duas características que valoriza no Jardim Marambá são a tranquilidade e a segurança. “Nunca tive nenhum problema. Além disso, é ótimo para os pequenos. Meu sobrinho brinca muito por ali. Tem vários parquinhos que ele frequenta e fica muito feliz por se divertir com outras crianças. É um bairro que mora no meu coração!“, afirma.

Quem mora por ali tem a seguinte frase quando perguntam como é viver no bairro: é como se fosse uma mini cidade! Nós temos tudo por perto!

Paula Santana viveu por anos no Jardim Marambá e já morou no Camélias, onde sua família reside até hoje
Região do Jardim Marambá em Bauru. Imagem do Google Maps exibindo os limites do bairro
Região do Jardim Marambá em Bauru (Foto: Reprodução/Google Maps)

A Avenida Orlando Ranieri é uma das mais importantes e movimentadas do bairro, que também é próximo de duas das principais vias da cidade: a Nações Unidas e a Duque de Caxias, que dão acessos a pontos muitos frequentados de Bauru. Além, é claro, da rodovia Marechal Rondon. Inclusive, na origem do bairro, essa proximidade foi uma questão.

A pesquisadora Naiara Kaimoti realizou, em 2009, sua pesquisa de Mestrado na Universidade de São Paulo (USP), na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, sobre a cidade de Bauru em um estudo de caso. Dessa forma, no material, a autora conta que, em 1957, foram anunciadas as vendas de terrenos no Jardim Marambá, uma região que era considerada, na época, o “fim da cidade” por não contar com serviços e comércio nas imediações. Como as coisas mudam, não é?

Assim, a transposição para o bairro era dificultada pela existência da Rondon, que cruzava com as ruas do Marambá, mas em outro nível. E foi somente na década de 1980 que o nível foi rebaixado. Então, a proximidade da rodovia se tornou um fato de destaque positivo na venda por seus loteadores.

O jardim marambá é um bairro que está no meu coração

Paula Santana

E você? Já morou ou conhece alguém que vive no Jardim Marambá? Frequenta algum lugar pelo bairro?

LEIA TAMBÉM


Quer ficar por dentro de todo o conteúdo da Solutudo Bauru? É só seguir a gente no Instagram e curtir nossa página no Facebook!

Gostou desse conteúdo? Então deixe seu comentário no campo abaixo!

E se você conhece alguma história de Bauru e quer que ela seja contada aqui, entre em contato pelo e-mail sugestao.pauta@solutudo.com.br ou pelo nosso WhatsApp.

5/5 - (2 votes)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui