Todos os dias, as ruas de Santa Cruz do Rio Pardo fica ainda mais colorida com a Biketanda. Considerado pelos moradores como patrimônio cultural. De chapéu e bicicleta, João Evangelista percorre diariamente as calçadas na tentativa de conseguir uma rendinha e sustento. Por onde passa, ele encanta pela simpatia e determinação que revelam a vontade indomável de conquistar os seus sonhos e melhorar a sua expectativa de vida.

Aos 66 anos, desde a infância sua história é marcada por acordar ao cantar do galo, por volta das cinco horas ou seis horas da manhã, arrumar os produtos em sua bicicleta ou carriola, pegar o transporte público e se locomover até o centro da cidade. Assim, começa o seu dia revendendo produtos como mandioca, limão, laranja, batata, frutas e verduras. Estes são adquiridos dos produtores locais e oferecidos para a clientela.

Popularmente as pessoas o conhecem como seu João e é impossível falar do município sem falar dele. Aliás, ele é um dos vendedores ambulantes mais antigos, se não o mais. Morador da zona rural, Água do valente, famoso bairro do Alecrim. O comerciante vai a batalha para a sua própria sobrevivência. Hoje, seus pais são falecidos e todo o seu ganho é referente as vendas.

“Meu apoio sou eu mesmo. A gente sempre teve esta linhagem de trabalhar. Para falar a verdade, a minha vida é de baixa renda. Eu não consigo ganhar muito nem pouco, desde sempre eu luto para conseguir o meu sustento”, conta João Evangelista.

O vendedor nasceu aqui e tem orgulho de ser santa-cruzense. Independente de tudo, a sua maior motivação é quando as pessoas valorizam o comércio local, param para conversar e ouvir a sua história. As condições impossibilitam o seu João de ter telefone para contato, mas é possível encontrá-lo na feira às quartas, à partir das 14 horas ou nas ruas repleto de humildade e, principalmente, com aquele sorriso no rosto.

No futuro, a esperança é ter mais clientes. Deste modo, ele segue com a Biketanda na tentativa de conseguir oportunidades melhores, trabalhando de domingo a domingo, sem parada ou descanso. Carregando consigo amor, lutas e o anseio de dias maiores dentro do peito.

Compartilhe! valorize o comércio da Santa Cruz maravilhosa e histórias de inspiração como esta. As boas notícias estão aqui, ajudamos você a conhecer a cidade!✨💜

Clique aqui e veja mais informações sobre a feira da lua!

Clique aqui e veja um videozinho de seu João!

Biketanda de Santa Cruz do Rio Pardo.

Você conhece o seu João ou já viu ele? Me diz aí!


Leia mais:

-> Menina da Pamonha: a impressionante história de vida por trás da famosa pamonha de Santa Cruz do Rio Pardo

-> Santa-cruzense conta sua história e emociona: empreendedorismo em prol da natureza

-> A história e a motivação do Capitão América de Santa Cruz do Rio Pardo


Gostou desse conteúdo? Deixe seu comentário no campo abaixo! E se você conhece alguma história bacana de Santa Cruz do Rio Pardo e quer que ela seja contada aqui, entre em contato pelo e-mail: [email protected]

Fale com o autor agora mesmo!💙

Siga Solutudo Santa Cruz do Rio Pardo nas mídias sociais:

CLIQUE AQUI PARA FACEBOOK!

CLIQUE AQUI PARA INSTAGRAM!


Avalie este conteúdo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui