Quem aqui não gosta de um delicioso lanche, hein? Seja simples como também aqueles mais elaborados, não tem como não se deliciar com um lanche quentinho e preparado especialmente para nós!

Aqui em Lençóis Paulista, os carrinhos de lanches são muito famosos, mas você sabe como eles chegaram até aqui? Não? Então vem conferir essa história! 🌭

Cachorro-quente

O 1º carrinho de lanche em Lençóis Paulista surgiu pelas mãos do Senhor Afonso Placca Filho, em 1977. Na época, Afonso estava se graduando na antiga Fundação Educacional de Bauru, hoje conhecida como UNESP, e, observando um carrinho que ficava à frente da universidade, percebeu que se formavam filas e filas de pessoas que procuravam os lanches deliciosos.

A partir desse momento, conversou com seu colega, chamado João Faxina, para trabalhar como chapeiro, e logo comprou o primeiro carrinho. Eles passavam as noites na frente dos bailes mais famosos da cidade e o negócio deu tão certo que logo compraram mais dois carrinhos.

No carrinho de lanches Gostosão, o chapeiro Sr. Faxina. (Imagens cedidas por Afonso Placca Filho).

O carrinho do João Faxina e do Afonso ficou conhecido por vender seus cachorros-quente no famoso evento lençoense, a Feira Agropecuária de Lençóis, chamada de FACILPA, conquistando a exclusividade dos hot dog’s e alcançando várias pessoas. Aí foi um enorme sucesso, que influenciou várias outras pessoas a terem seus próprios carrinhos de lanches na cidade.

Imagem aérea de uma das edições da FACILPA, em Lençóis Paulista. (Foto: Reprodução).

“Em uma das ocasiões comprei a exclusividade de venda do cachorro-quente, chegando a vender 3.000 lanches em um único dia! Tudo foi uma grande aventura e ao mesmo tempo um grande aprendizado!”

Senhor Afonso não deu continuidade aos carrinhos, sua vida trilhou um novo rumo e se tornou diretor de uma escola. Se tornou empresário também e decidiu voltar às origens com a abertura de uma padaria e pizzaria, a “Pão da Nonna, que será inaugurada em breve!

Você se lembra do famoso Lanches Gostosão? 🍔🌭

1 COMENTÁRIO

  1. Que legal, não sabia que o sr Afonso era o pioneiro do ramo do lanche !!!
    Agora já quero conhece o pão da Nonna !!!!! Já imagino as delícias que teremos lá !!!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui