A gente sabe que a comunicação é algo primordial para nossa vida em sociedade! Do bilhetinho apaixonado logo de manhã ao bom dia pro padeiro, ela está em toda parte! E que tal então a gente se comunicar de todas as formas meeesmo? ?

Esse curso de libras oferecido pela Viver Acessível tem justamente esse propósito: levar às pessoas a possibilidade de realmente se comunicarem independente de suas limitações! ?

Legal, né? E sabe quem vai dar o curso? Ninguém menos que a jundiaiense Valdinéia Nascimento. Lembra dela, né? Ela é a professora que acompanhamos em algumas matérias no ano passado, como por exemplo no Dia do Surdo, na outra que abordamos a cultura surda e na matéria que comoveu centenas de pessoas, na qual contamos a história do pequeno Gustavo. ?

Uma baita história que vale a pena ser (re)lida! ?

As inscrições já estão abertas e seguem até o dia 25 de fevereiro por este fomulário online. O curso é aberto a qualquer pessoa que se interesse pela cultura surda e pela Língua Brasileira de Sinais. Ah, e ele tem duração de 12 aulas, com início no dia 2 de março. As aulas serão das 19h às 21h30 lá no Jardim Carlos Gomes. 😉

Val, que é autora do livro “A Criança Surda: Possibilidades de Aprendizagem”, comenta a importância desse curso para a comunidade jundiaiense: “não é um curso com aprendizado apenas de sinais, mas possui uma metodologia de conversação que possibilita a comunicação e avaliação dos ouvintes pelos surdos”.

Capa do livro da professora do curso de libras: com uma tarja preta à direita com o logo da editoria (uma casa em branco com um 'in' vazado em preto dentro dela), e a esquerda com o maior espaço em laranja com o nome da professora acima em branco e abaixo em preto o título:  A Criança Surda: Possibilidades de Aprendizagem. Da metade da capa para baixo, tem a foto de uma aluna criança escrevendo em um caderno.
O livro traz a vivência sobre o processo de inclusão de uma criança surda em uma escola de Jundiaí. (Foto: Divulgação/Internet)

Matérias

A carga horária do curso é de 40h e conta com a seguinte grade curricular:

  • Linguagem e surdez
  • Introdução a Língua Brasileira de Sinais – LEI 10.436/2002 e Decreto 5626/2005
  • A história da Educação de Surdos
  • Parâmetros da Língua de Sinais
  • Classificadores, sinais icônicos e arbitrários na Libras
  • Verbos em Libras, estrutura linguística e tipos de frases
  • Sinais básicos de comunicação em diversos espaços sociais
  • Práticas de interpretação Libras/ Português/ Libras
  • Comunicação com a pessoa surda

O maior desejo dos surdos é serem compreendidos em sua língua. Muitos surdos relatam dificuldades de comunicação na área da saúde, da segurança pública, na área jurídica, entre outas. Se a sociedade em geral soubesse a língua de sinais, não haveria barreiras na comunicação!

Valdinéia Nascimento, professora

Serviço

Curso de Libras do Viver Acessível

  • Data: a partir do dia 2 de março
  • Horário: das 19h às 21h30
  • Inscrições: por este formulário online
  • Local e demais informações ligue para (11) 99994-6978

Gostou desse conteúdo? Deixe seu comentário no campo abaixo! E se você conhece alguma história bacana de Jundiaí e quer que ela seja contada aqui, entre em contato pelo e-mail: sugestao.pauta@solutudo.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui