O que é ser saudável para você? Apresentar os exames em dia, não ter qualquer dor no corpo ou demonstrar disposição para exercícios físicos? Esses podem ser bons sinais, mas saiba que a Organização Mundial da Saúde (OMS) definiu a “saúde” como “um estado de completo bem-estar físico, mental e social e não apenas a ausência de doença”. Entre outras questões, isto quer dizer que a saúde mental e a física não devem ser separadas em uma avaliação, e ambas merecem atenção e cuidados!

De acordo com o levantamento realizado pela revista científica The Lancet, os quadros de depressão e de ansiedade aumentaram mais de 25% ao redor do mundo em 2020 no cenário da pandemia de Covid-19. Antes disso, o Brasil já apresentava números marcantes: eram quase 19 milhões de pessoas convivendo com esses transtornos mentais, segundo os dados da OMS.

Assim, um estudo conduzido por pesquisadores da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) revelou que 80% da população brasileira se tornou mais ansiosa durante o período em que o novo coronavírus passou a ser uma realidade no país.

Diante desse contexto, a Divisão de Saúde Mental (DSM) da Secretaria de Saúde de Bauru está promovendo ações relacionadas ao Janeiro Branco, uma campanha de conscientização voltada ao tema da saúde mental e emocional. A ideia central é levantar o assunto no primeiro mês do ano por conta da simbologia desse período, por se tratar de uma época em que as pessoas estão mais propensas a reavaliações e a planos que envolvem a busca por uma vida melhor!

“Janeiro Branco”

É importante ressaltar que um dos focos da campanha é chamar a atenção para o fato de que ocorrências como ansiedade e depressão tem, sim, tratamento, e que o bem-estar mental e emocional deve ser aplicado ao dia a dia.

Estresse, síndrome do pânico, síndrome de burnout (esgotamento profissional) e transtornos alimentares são outros exemplos de quadros mentais e psicológicos que atingem as populações do mundo, em faixas etárias diversas, e precisam de assistência médica.

Além disso, a conscientização também é direcionada às autoridades governamentais e legislativas do mundo no que diz respeito à importância de estratégias e de políticas públicas voltadas para a promoção da saúde mental nas sociedades, nas vidas dos indivíduos e das instituições sociais.

Daiane Miguel, enfermeira da DSM em Bauru, destaca que esse tipo de cuidados são essenciais e, por isso, ações como as que são oferecidas no Janeiro Branco também são realizadas no decorrer dos outros meses, já que o objetivo é promover a saúde mental durante todo o ano.

Saúde mental em Bauru

As atividades na Cidade Sem Limites envolvem palestras, orientações e rodas de conversa em salas de espera nas unidades da rede de centro de atenção psicossocial (CAPS) e na unidade de Serviço Residencial Terapêutico (SRT).

Além disso, será realizada uma ação de capacitação que tem como público alvo profissionais de nível médio e superior que atuam nos diversos serviços que compõem a rede de proteção integral à criança e ao adolescente, como serviços de acolhimento institucional, serviços de fortalecimento de vínculos, CRAS, CREAS, Conselhos Tutelares e outros.

Com o título “Educação continuada em saúde mental para rede de proteção integral: janeiro branco e saúde mental infantojuvenil”, o treinamento será realizado no dia 12 de janeiro, quarta-feira, das 10h às 11h30, para turma 1; e dia 13 de janeiro, quinta-feira, das 14h às 15h30, para turma 2, por meio da plataforma Zoom.

Outras atividades do Janeiro Branco em Bauru são:

  • CAPS Girassol
    Palestra “Saúde Mental na Contemporaneidade”
    Dia 19/01, às 13h
    Local: Hospital Beneficência Portuguesa
  • CAPS II
    – Palestra com dinâmica nos grupos nos dias 10 e 12/, às 14h;
    – Palestra de sala de espera nos dias 19, 20 e 21/ durante o horário de atendimento da unidade;
    – Atividades nos grupos com exposição em varal dos trabalhos nos dias 17 e 19/1.
  • CAPS Infantil, CAPS AD e Serviço Residencial Terapêutico
    Palestras e orientações em sala de espera durante todo o mês em períodos matutinos e vespertinos.
Banner: "Janeiro Branco" de conscientização à saúde mental daPrefeitura de Bauru
Imagem: Divulgação/Prefeitura de Bauru

ServiçoUnidades de Saúde Mental na cidade

Ambulatório Municipal de Saúde Mental – AMSM
Rua Gustavo Maciel, 14-50, Centro
Horário de Funcionamento: Das 7h  às 18h

Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas – CAPS AD
Rua Dr. Lisboa Júnior, 2-66, Centro
Horário de Funcionamento: Das 7h às 17h

Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas Infanto Juvenil III – CAPS AD III
Rua Azarias Leite, 13-28
Horário de Funcionamento: 24 horas

Centro de Atenção Psicossocial I – CAPS 1
Rua Monsenhor Claro, 6-99, Centro
Horário de Funcionamento: Das 7h às 18h

Centro de Atenção Psicossocial Infantil – CAPS i
Rua Azarias Leite, 13-38, Vila Mesquita
Horário de Funcionamento: Das 7h às 18h

Serviço de Residência Terapêutica – SRT
Rua Alto Juruá 7-49, Vila Camargo
Horário de Funcionamento: Das 7h às 17h

LEIA TAMBÉM


Quer ficar por dentro de todo o conteúdo da Solutudo Bauru? É só seguir a gente no Instagram e curtir nossa página no Facebook!

Gostou desse conteúdo? Então deixe seu comentário no campo abaixo!

E se você conhece alguma história de Bauru e quer que ela seja contada aqui, entre em contato pelo e-mail sugestao.pauta@solutudo.com.br ou pelo nosso WhatsApp.

Avalie este conteúdo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui