Trazendo colorido e diversidade, o artista Linense Flávio Vanci produziu uma encantadora arte na Praça Frederico Ozanan.  Palco de feiras e eventos, o local está localizada em um ponto privilegiado da cidade.  Sempre que passava por lá, Flávio Vanci observava que parte da estrutura poderia se tornar um precioso mural e transformar uma simples edificação em uma preciosa obra de arte.

O artista

Vanci, conforme assina suas obras, nasceu em Lins e permaneceu até aos 18 anos. Fã de histórias em quadrinhos e desenhos dos anos 90, reproduzia desde criança o que via.

“O primeiro desenho que fiz e tenho em mente foi ainda no pré-escolar, quando desenhei um barco pirata, observado em um desenho do Pica-pau.”, diz ele em entrevista exclusiva para nossa equipe.

Outra fonte de inspiração eram as capas de discos de bandas que traziam ilustrações. Com o passar do tempo sentiu necessidade de buscar conhecimento, o que fez com que ficasse por 12 anos fora da cidade.

A ideia da obra

Sempre passando neste ponto da cidade, mesmo quando morando fora, ficava imaginando o potencial do local para receber uma obra. Foi quando entrou em contato com a Secretaria de Cultura da cidade apresentando a proposta prontamente aceita.

Os desafios

Sobre os desafios do trabalho, denominado “FAUNA URBANA” Flavio Vanci conta que existe uma barreira parcial da sociedade quanto a aceitação, pois infelizmente este trabalho é associado com a marginalização dos grafites. Vanci explica que o muralismo sofre uma barreira de entrada nas cidades do interior, coisa que nas grandes capitais já é superado e aceito naturalmente.
Pichação é crime. O muralismo artístico luta veemente contra tal prática, afirma Vanci.

Vanci aposta na cultura para transformação positiva da cidade e o muralismo como uma importante ferramenta para revitalização de espaços, conscientização da sociedade e uma nova experiência para comunidade.

Canários compõem a obra Fauna Urbana de Flávio Vanci

Arte urbana

Conversamos com a Interlocutora de Turismo Voluntária, Maria Carolina Pereira, que relatou que a obra “Fauna Urbana” tem a proposta de levar cor, trazer alegria e mostra o desejo do artista em busca de comunicação com o mundo para compartilhar sua mensagem de esperança e positividade.

A arte urbana tem se popularizado no mundo, e a cada dia ganha mais adeptos e apreciadores. O grafitti e o muralismo são as formas de manifestação de arte urbana mais crescentes no mundo. Ainda existe um certo preconceito com esse tipo de arte, pois ainda é vista como vandalismo e poluição visual. No entanto, o objetivo principal é ocupar os espaços e deixar alguma reflexão para quem as vê. A intenção é democratizar o acesso à arte e traze-la para o dia a dia da cidade. Além disso, queremos mudar o pensamento, quebrar barreiras e mostrar que a arte não está restrita ao cinema, teatro, biblioteca ou Museu. Ademais, tirar a ideia de que essas expressões artísticas são contravenções, pois não se pode confundir arte urbana com pichação.

O local escolhido é onde passam milhares de pessoas diariamente, além disso, foi uma sugestão do próprio artista.

Todas as artes contribuem para a maior de todas as artes, a arte de viver. A essência da arte é o amor pelo que se faz, o amor pelo próprio trabalho, disse Maria Carolina.


Você já apreciou este mural do Flávio Vanci? Dê uma passada por lá e leve sua família!


Gostou desse conteúdo? Deixe seu comentário no campo abaixo! E se você tem uma sugestão e quer ver ela ela aqui, entre em contato pelo e-mail: sugestao.pauta@solutudo.com.br.

Avalie este conteúdo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui