Todo sucesso no empreendedorismo é originado de muito esforço e dedicação. Muitas pessoas nem possuem a consciência de que estão com o pote de ouro em suas mãos, algo que vai alavancar a sua vida. E em Santa Cruz do Rio Pardo, encontramos um produto diferentão que pode cair no gosto da galera, é um Lanchão na Marmita.

Como tudo começou…

Rafael Lima da Silveira, 36, é o empreendedor de uma grande ideia saborosa. Nasceu no dia 18 de fevereiro de 1985, filho do meio de três irmãos e sempre viveu em Santa Cruz. Uma pessoa detalhista e que gosta de observar a fundo as pequenas coisas do cotidiano que podem nos ajudar a crescer.

Rafael, o mentor dos lanches grandes em Santa Cruz. Foto: arquivo pessoal

Aos dez anos já demonstrava que o seu futuro era ser empreendedor quando começou a ser leiteiro, mas já trabalhou como empacotador e repositor de supermercado, office boy, escriturário, caixa, vendedor, fiscal de trabalhador rural, segurança, coordenador de vendas, auxiliar de produção em fábrica e muito mais. O objetivo sempre foi conquistar a sua independência e autonomia.

E o empreendedorismo era o seu sonho e o setor entrou em sua vida como uma necessidade. “Eu estava desempregado, havia me demitido de uma indústria, pois, não estava feliz onde trabalhava e pedi demissão. Acabei alugando um trailer na região central de Santa Cruz, comprei fogão, chapa e todos os utensílios da cozinha em 12 vezes no cartão”, relembra Rafael.

A vida estava uma bagunça, era até vítima de calote de pessoas e aí surgiu o nome de Balbúrdia para a sua lanchonete ambulante. Rafael resolveu investir 100% do seu tempo em ideias e na divulgação dos lanches. Durante cinco meses ele tinha 80 reais por mês como salário.

Balbúrdia

Foi o seu esforço que permitiu comprar o trailer e melhorar equipamentos, bem como se dedicou em cursos para aperfeiçoar a sua prática culinária. Aos poucos os clientes foram chegando e, atualmente, este trailer é alugado e a lanchonete é em sua casa.

Rafael e o trailer que comprou. Foto: arquivo pessoal

“Acolhemos nossos clientes com o sabor de casa e em casa. Com isso, conseguimos cair no gosto de várias pessoas que acabaram sendo fiéis a nós e nos elogiando por cada lanches que lançamos, como o: Lanchão especial, Lanchão na marmita, Monster e outros”, admite Rafael.

Lanchão na Marmita

Um de seus grandes sucessos é o Lanchão na Marmita, sendo um dos mais vendidos da lanchonete. É o melhor, segundo os próprios clientes, pelo tamanho, sabor e qualidade. E o consumidor tem a opção de escolher entre catupiry, cheddar ou quatro queijos para abrilhantar ainda mais esta iguaria santa-cruzense.

No Balbúrdia gostamos da ideia de que os lanches devem ser grandes. Isso acaba agradando os nossos clientes”, revela o empreendedor.

Divulgação do sucesso. Foto: arquivo pessoal

Vale ressaltar que os ingredientes são frescos fornecidos por parceiros de alta qualidade para ser o melhor lanchão que o consumidor já comeu na vida. E o futuro é sempre pensando em expansão, oferecer novidades para as pessoas e com aquele sabor caseiro que a população já está acostumada e ama.


Você está com água na boca, não é mesmo?


Gostou desse conteúdo? Deixe seu comentário no campo abaixo! E se você conhece alguma história bacana da sua cidade e quer que ela seja contada aqui, entre em contato pelo e-mail: sugestao.pauta@solutudo.com.br

3.8/5 - (5 votes)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui