Representatividade é um assunto cada vez mais em pauta nos mais diversos segmentos. Os consumidores hoje querem se ver representados e não aceitam mais serem excluídos das narrativas construídas pelas marcas.

O aumento dessa discussão acarreta possibilita o desenvolvimento de ideias para trazer para o foco aqueles que antes eram ignorados. E foi justamente com esse intuito que a estudante de moda Desiree do Vale criou a Black Barbie Agency

A design de moda sempre se incomodou com o fato de não se enxergar em editoriais e campanhas do ramo. Ela queria com seu trabalho, mudar essa realidade, levar para o setor em que atuava pessoas negras como ela. 

Ao sair de um trabalho onde não sentia sua criatividade estimulada, Desiree se juntou a um amigo fotógrafo para produzir editoriais de moda à sua maneira. Os modelos da iniciativa foram escolhidos em sua comunidade e as fotos divulgados em redes sociais.

Um dos editoriais que foram produzidos foi o Black Barbie. Todo o figurino dos modelos e o cenário da campanha eram baseados na famosa boneca e, como não podia ser diferente, a cor mais usada era o rosa. 

A repercussão do projeto fez com que a dupla decidisse levar adiante o trabalho. Criaram, então, uma agência onde além dos modelos, toda a equipe de trabalho é composta por pessoas negras. A ideia é dar oportunidades não apenas para quem está na frente das câmeras, mas também para quem está atrás delas.

O trabalho que oferecem é a produção de conteúdo editorial para empresas que se identificam com seu ideal. Em sua equipe, a agência conta com modelos, maquiadores, fotógrafo, produtora e assistente. 

Fonte: Razões para acreditar.


Gostou desse conteúdo? Deixe seu comentário no campo abaixo! E se você conhece alguma história bacana da sua cidade e quer que ela seja contada aqui, entre em contato pelo e-mail: sugestao.pauta@solutudo.com.br 

Avalie este conteúdo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui