Desde o dia 17 de abril de 2020, o que era apenas uma parede branca no centro da cidade ganhou cores, formas e vida! O ‘memorial’ ao ar livre, obra do artista Luiz Viana, homenageia grandes personalidades itupevenses, como a saudosa Maria Preta e o padre Murillo Moutinho, cartões postais como o Cristo Redentor e retrata um pouco da história de Itupeva, como no caso da locomotiva. 🚂

Segundo o artista, para confeccionar o mural ele se utilizou de diferentes técnicas, como o realismo e o futurismo, e que também recebeu muito apoio de familiares e da população. “Consegui algumas fotos e percebi que as pessoas aprovaram a iniciativa. Esse mural é a realização de um sonho! (…) São obras que estão ao ar livre e que marcam a história de um povo”, afirma Luiz.

Mas, afinal, quem são essas pessoas e qual a história e a relação desses lugares com a cidade de Itupeva? Pode deixar que a gente te conta um pouco sobre eles aqui embaixo, ó:

O Cristo Redentor é aqui!

Quaaaaaal cidade não sonha em ter o seu próprio Cristo Redentor? Por isso Itupeva tem mais um motivo para ter o apelido de cidade maravilhosa! 🥰

Inaugurada no dia 25 de março de 2007 pelo bispo diocesano da época, Dom Gil Antonio Moreira e pelo pároco de Itupeva naquele momento, padre João Lúcio do Prado Neto, a imagem de 11 metros chama a atenção de todos e acolhe de braços abertos quem chegar à cidade.

Localizado no ponto mais alto da área urbana de Itupeva, o nosso Cristo Redentor. 😊 (Foto: PMI/Reprodução)

Locomotiva

O trem fez – e continua fazendo! – parte de nossa querida Itupeva, e por isso ele está alí, representado no mural.

cultura do café trouxe tempos de bonança e progresso, ainda no início da povoação da cidade, que até então era um bairro de Jundiaí. Em 1870 foi construída o trecho da Estrada de Ferro Ituana que passava pelas terras do Barão de Jundiaí (Francisco Queiroz Telles), para escoar a produção até o Porto de Santos.

Hoje, importantes serviços à população são prestados em prédios que, antigamente, eram parte da estrutura da linha férrea, como a própria Biblioteca Municipal e o Centro de Memória, que funcionam onde era a Estação Itupeva.

Você pode ler mais sobre a relação dos trens com a história de Itupeva aqui e aqui. 👏

Estação Itupeva, atualmente Centro de Memória e Biblioteca Pública Municipal de Itupeva. (Foto: Anderson Oliveira/Solutudo)

Tarsila do Amaral

Itupeva teve importante papel na vida de uma ilustre personagem da cultura nacional. A artista modernista Tarsila do Amaral, durante a infância, viveu durante alguns anos na Fazenda Santa Tereza do Alto, que pertencia aos seus avós.

A paisagem de Itupeva inclusive influenciou, entre duas diversas obras, o quadro ‘Sol Poente’, de 1929.

Reprodução do óleo sobre tela ‘Sol Poente’, inspirado na paisagem itupevense. (Foto: Itaú Cultural/Reprodução)

Maria Preta

Maria de Fátima Cerino Jordão, mais conhecida na cidade com o apelido carinhoso de Maria Preta, foi uma verdadeira heroína, ao criar sozinha seus cinco filhos. Com o sorriso estampado no rosto, mesmo entre as dificuldades da vida, Maria sempre ensinava seus filhos a ser humildes “e a não caminhar do lado errado da vida”, ensinamento esse lembrado por um de seus filhos, Alexandre, em seu velório, no ano de 2014.

Padre Murillo Moutinho

Jesuíta, o padre Murillo Moutinho viveu e trabalhou na região do Fazenda Ribeirão, e foi na cidade quem estabeleceu as bases para a implantação da Paróquia São Sebastião, sendo desta também seu primeiro pároco. 🙏 Padre Murillo também foi o responsável pela doação do terreno para a construção do Hospital e Maternidade Municipal Nossa Senhora Aparecida. O religioso, dentro de sua ordem, também foi por vários anos o responsável pela causa de canonização do “Apóstolo do Brasil”, São José de Anchieta. 💜

(Foto: Memórias de Itupeva/ Reprodução)

Muito bacana essa homenagem, né? 🥰 Mas e aí, você já os conhecia? Acha que faltou algum símbolo pra ser homenageado no mural? Conta pra gente! 😊

Fontes: Jornal de Itupeva, Prefeitura de Itupeva e Paróquia Nossa Senhora Aparecida


Gostou desse conteúdo? Deixe seu comentário no campo abaixo! E se você conhece alguma história bacana de Itupeva e quer que ela seja contada aqui, entre em contato pelo e-mail: jornalismo.itupeva@solutudo.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui