Presidente Prudente é considerada a maior cidade do Oeste do estado de São Paulo. O município possui 250 bairros, 22.500 empresas e 228.743 moradores que são personagens dessa história que completa, nesse dia 14 de setembro, 102 anos.

A cidade recebe, sempre, de braços abertos quem por aqui passa ou finca raiz. Gente que cortou o país em busca de um sonho: O Progresso.

Era manhã de 14 de setembro de 1917. Chico Goulart, os outros dez homens adultos da expedição, e, nos mesmos passos, o menino Manoel Telles, também membro da empreitada, ergueram o segundo rancho. O Patrimônio do Veado ia começar a nascer, de uma ideia preliminar do patriarca Manoel Pereira Goulart. A povoação se tornou a cidade de Presidente Prudente. Assim começou essa jornada (sic). Conta o historiador Ronaldo Macedo.  

Presidente Prudente é uma cidade onde a realização de planos é possível. Do campo vem o alimento e a força da economia. Somos caipiras, sim! Mas também somos modernos. Somos cultura, somos educação!

Uma cidade universitária que é o celeiro formador de profissionais das mais diversas áreas.

A cidade se torna um polo de produção de conhecimento. Essas pessoas que vem de outra região ou até mesmo da própria cidade, acabam levando conhecimento difundido que irá melhorar a vida da sociedade. Já o intercâmbio enriquece nossos alunos com outras culturas e formas de lidar com o conhecimento.

Afirma a doutora em Educação, Cinthia Ariosi, professora da Unesp.

Os avanços na educação em Presidente Prudente tem crescido a cada ano. (Crédito: Reprodução/Unoeste)

A cidade que foi desbravada em meio ao rincão, brilhou e brilha para o mundo. Em 2000, nas Olimpíadas de Sidney, André Domingos, Claudinei Quirino, Vicente Lenilson e Edson Luciano mostraram uma técnica apuradíssima na passagem de bastão, e ganharam a medalha de Prata no revezamento 4x100m. No pódio a bandeira de Presidente Prudente.

Foi uma questão de identidade e amor com a cidade que nos acolheu com tanto carinho. Mostrar a bandeira para o mundo todo foi uma resposta em gratidão a todos os prudentinos que sabiam de nossa luta, que torceram, que se emocionaram, que choraram pelo nosso Mérito Olímpico.

Conta André Domingos medalhista Olímpico.

Na cultura, o cantor Thiaguinho faz questão de levar o nome da cidade por onde ele passa. Fala da comida e dos amigos. Quando está em Presidente Prudente registra em suas redes sociais, com muito amor e carinho, a sua passagem pela cidade.

Já na política, Prudente foi notícia nacionalmente pela força e a impetuosidade do ex-prefeito Agripino Lima de Oliveira, que morreu em 2018.

No ano de 2002, o então prefeito bloqueou a rodovia Assis Chateaubriand entre Presidente Prudente e Pirapozinho proibindo a entregada de manifestantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra. A atitude foi publicada nos mais diversos veículos de comunicação do país. Já em 2016, foi o primeiro a carregar a chama Olímpica no Oeste Paulista.

Agripino de Oliveira Lima Filho, foi o 1º do Estado de São Paulo a receber a chama e conduzir a tocha Olímpica. (Foto: Reprodução/Facebook)

No agronegócio, o destaque é para a maior arena coberta da América Latina, o Rancho Quarto de Milha que tem capacidade para 20 mil pessoas. E é palco de grandes rodeios e shows.

Rancho Quarto de Milha já receber diversos artistas como o DJ Alok e os cantores Wesley Safadão e Luan Santana. (Foto: Reprodução/Facebook)

Uma cidade onde o sol brilha forte e o frio vira notícia. Já são 102 anos, mas como diz a letra do seu hino: “Cresceu, cresceu demais e é tão menina”.

Por aqui ainda há muito que plantar e que colher. Basta apenas acreditar e ter esperança que nessa terra, há espaço para todos.


Gostou desse conteúdo? Deixe seu comentário no campo abaixo! E se você conhece alguma história bacana da sua cidade e quer que ela seja contada aqui, entre em contato pelo e-mail: sugestao.pauta@solutudo.com.br

Avalie este conteúdo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui