Admirável, importante e imponente são adjetivos que usamos sem reservas para esta fundamental via da cidade. Abrigando importante polo comercial e público, a Avenida Nicolau Zarvos em Lins coleciona histórias de importância imensurável para o progresso da cidade.

Visão parcial da avenida Nicolau Zarvos. Esta e a fotografia da capa forma feitas por Rodrigo Simões

Nicolau Zarvos: O personagem que dá nome a avenida

Nicolau Zarvos Reprodução: Internet

Grego, Nicolau Zarvos escolheu Lins como terra para o berço da sua prosperidade. Nascido em 23 de maio de 1899, chegou ao Brasil no ano de 1913 em uma luta contra avassaladora fome em sua terra natal. Sua trajetória profissional começou ainda jovem. Com 13 anos vendia jornais, foi garçom e engraxava sapatos no viaduto Santa Ifigênia, São Paulo.

Se a amargura da fome o trouxe ao solo brasileiro, foi em meio a outro triste episódio que viu a oportunidade de desenvolver riqueza. Um acidente em linha férrea fez com que diversos vagões de cereais fossem tidos como perdidos; Nicolau teve a ideia de comprar dois desses vagões e iniciou negociação. Nascia ali a carreira do comprador de cereais.

Nicolau buscava mais: iniciou suas atividades no café, tornando-se em pouco tempo um magnata do produto tendo fortunas comparadas a grandes empresas do Brasil. Vale lembrar que Lins foi o maior centro cafeeiro do mundo. Contaremos esta importante fase do munícipio por aqui. Fique ligado!

Era visionário: diversificou suas atividades com algodão e compra de títulos.
Dotado de imenso poder financeiro, nunca abandonou o município que o acolhera tão bem. Durante muito tempo foi o maior contribuinte de IPTU da cidade.

Nicolau, mesmo gozando de privilégios elevados, nunca deixou de contribuir com a cidade de Lins, deixando aqui diversos empreendimentos, entre elas o Lins Hotel, que em 1942 era o mais luxuoso do interior de São Paulo.

O hotel está desativado atualmente Imagem: Google Maps

Faleceu aos 49 anos de idade em Nova York, vítima de um câncer. Sua ida aos E.U.A. foi uma tentativa de tratamento, sem sucesso. Deixou esposa e filhos.

Recorte do Jornal “A Gazeta de Lins” noticiando a morte de Nicolau Zarvos. Edição do dia 17 de Outubro de 1948

Histórias, legados e saudades: Fatos inesquecíveis narrados por moradores

Como todo local, a avenida passou por diversas transformações desde que surgiu na cidade. De acordo com medições do Google Maps a avenida contém 1,92 km de extensão. É impossível encerrar neste artigo todos os fatos importantes sucedidos nela.

Mas aqui, em um majestoso momento nostalgia e uma pitada de vislumbre para quem não viveu a época, relembramos alguns detalhes da avenida:

Avenida na ocasião tinha apenas uma das vias e ladeada por pastos, recebendo competição de ciclismo


A mina de água – Barroca
Envolvida como que por um grande buraco, a mina dessedentou muita gente; a criançada fazia a festa em suas límpidas águas. Atualmente no local funciona a Loja Cardil.

EMA
Hoje, posto de combustível, comportava uma pequena fábrica de cestas e balaios na esquina entre a avenida e a rua Santos Dumont.

FAL
Centenas de formados em Letras, química e outras, a Faculdade Auxilium de Lins recebia alunos de toda região. Abriga hoje a Prefeitura Municipal.

Prédio onde funcionou a FAL agora é a Prefeitura Municipal de Lins

Xumberga
Badalado bar fazia a alegria da juventude. Hoje funciona ali o Barrancos Lanchonete.

Ponto 4
Sem dúvidas um dos lugares mais nobres da cidade a sua época. Famosos já apreciaram os pratos servidos ali. Recentemente foi inaugurada uma choperia depois de anos de desativação do prédio.

Laticínio Linense
De acordo com a fotografia o empreendimento ficava entre a Cardil e Esperta motos. Moradores antigos lembram da boa qualidade do produto e até mesmo das ocasiões que ganhavam “fita de queijo” que eram os refilos das peças.


Antigo corredor de terra e ladeada de pasto a sua direita (sentido centro-bairro), hoje a avenida é cercada pelos bairros Popular e Real Parque.

Importantes mudanças para o sucesso da via

Faz parte do progresso da cidade as mudanças geográficas. A avenida recebeu asfaltamento, ações de paisagismos e diversos empreendimentos comerciais. Importante via de acesso a diversos bairros da cidade, é também ligação direta ao aeroporto. Nela é possível encontrar hospital, lojas de veículos, papelaria, mecânicas, escritórios e a pujante prefeitura da cidade.

Seu inicio se dá na rotatória mais movimentada do município e finaliza na lateral do aeroporto.


Gostou de conhecer um pouco mais da história da avenida Nicolau Zarvos? Conte algo para nós nos comentários!

5/5 - (1 vote)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui