Você também pode ouvir este conteúdo! 🎧

O momento que estamos vivendo não está fácil para ninguém. Passar por uma pandemia nos traz adaptações na maneira de viver e fortes emoções, principalmente as negativas, como medo e tristeza. Por outro lado, esse mesmo momento está nos ensinando a conviver mais próximos de nossos familiares, já que ficamos por um grande período em home office e com aulas online. Estamos aprendendo a olhar mais para fora e cultivar mais a generosidade e a compaixão.

Acredito que seja também uma grande oportunidade para ensinarmos às crianças uma maneira mais saudável para se relacionar.

Ah, o bom elogio!

Você pode estar se perguntando quanto ao título do texto: O BOM ELOGIO??? Elogio por si só não é sempre bom?

Todos nós gostamos de ser elogiados, por um trabalho bem feito ou por uma conquista pessoal ou profissional. Gostamos de ser percebidos e não ser ignorados. Quando ignorados nos sentimos mal e até desamparados.

É importante elogiarmos as crianças desde cedo para reforçar o que elas fazem de positivo, como também darmos a atenção necessária. Muitas vezes em nossa rotina a criança faz um desenho para mostrar aos pais e estes não dão atenção, a ignoram. Ela se sente desamparada e vai aprendendo que as coisas que ela faz não são boas e poderá usar de comportamentos inadequados para ser percebida nesta família.

Então vamos trabalhar com a prevenção. Usar o elogio para reforçar o bom comportamento.

(Foto: Reprodução)

Como usar o bom elogio?

No mesmo exemplo do desenho que a criança fez e foi ignorada, não podemos ir para outro extremo, dando toda a atenção e dizer que o desenho está maravilhoso, que ela é a melhor desenhista da sala de aula e que será o próximo Van Gogh! Fazer isso é comum, pois pensamos que estamos ajudando a criança com esse tipo de elogio.

É importantíssimo elogiar o esforço, a determinação e o desempenho em fazer um desenho. O elogio deve ser baseado em valores! Se a criança se penteou e você diz que ela está maravilhosa, é possível, na fantasia dela achar que é prefeita e que o cabelo das amiguinhas não é bonito como o dela. Será mais saudável se você disser que gosta como ela é caprichosa quando se penteia. São pequenos detalhes que precisamos prestar atenção.

(Foto: Reprodução)

É muito bom sentir orgulho de nossas crianças, mas para proteger a saúde mental delas é importante pontuar a técnica, o modo como a criança executou a tarefa. O elogio deve focar as habilidades e não ser vago.

Elogiando o esforço e o modo como ela fez determinada atividade faz a criança perceber que está sendo observada e cuidada. Quando o elogio está claro ela vai se esforçar para melhorar na próxima tarefa.

Consequentemente, estaremos criando emoções positivas no desenvolvimento da criança e fortalecendo-a quando passar por momentos de emoções negativas.

Obrigada e até a próxima!


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui