Você também pode ouvir esse conteúdo! 🎧

Diante do atual contexto que estamos vivenciando, uma diversidade de fatores estão bagunçando nossa vida e fazendo com que a nossa rotina fique de pernas por ar…

Isso inclui desde aspectos emocionais, irregularidades no sono, horário e local de trabalho (uma vez que muitas pessoas estão trabalhando em home office) e atividades físicas, chegando até e, principalmente, na alimentação que, sem dúvidas, sofreu muitas interferências.

Interferências essas, aliás, não somente na qualidade e horário de se alimentar, mas também nas quantidades, que na maioria das vezes acaba sendo em excesso. E tudo isso, quase sempre pelo simples fato da pessoa estar em casa, com a cozinha e o escritório muito próximos um do outro.

Vida saudável no home office

Ao meu ver, são dois os principais desafios que enfrentamos nesses tempos de home office para alguns, mas com restrições para todos.

Em primeiro lugar, existe o desafio de manter uma alimentação equilibrada, consumindo frutas, verduras e fibras dentro de horários e quantidades ideais para nossa saciedade, não dando brechas para o sobrepeso. E o segundo é o de manter uma rotina de atividade física. E aqui vale um esforço para a criatividade: encontrar atividades ao ar livre, longe de aglomerações e que tragam prazer

Nos deparamos então com um esporte que chegou de mansinho na quarentena, que é divertido e que pode ser feito contemplando a natureza e, por que não dizer, meditando em cima de duas rodas… sim, estou falando do ciclismo, o famoso pedal.

Bora pedalar?

Pois bem, e para se ter um bom desempenho, uma frequência adequada e um bom gasto calórico, é preciso ficar bem atento à alimentação. Caso contrário, a atividade física pode facilmente dar lugar ao cansaço físico em excesso, a fraquezas musculares e até a lesões.

É bom ficar atento então ao seguinte esquema alimentar:

  • Carboidratos, proteínas e as famosas gorduras boas, devem ser consumidas em todas as refeições principais;
  • Vitaminas e minerais são essenciais, pois se houver deficiências de alguma delas, algumas reações metabólicas não serão tão eficientes e irão prejudicar o desempenho;
  • – A água é o principal catalisador de reações bioquímicas, portanto, em hipótese alguma deve faltar!

A dica para repor tanto energia rápida quanto o líquido fica por conta dos pequenos lanches que podem ser levados e consumidos durante a atividade, como as castanhas, amendoim, tâmaras, damasco, bananinhas, barrinhas de cerais… E claro, a água natural e a água de coco são essenciais para a reposição de eletrólitos.

Leia também:

Desta forma, a atividade física será um convite sem direito a desculpas, pois será a junção de gasto calórico + prazer + sensação de bem-estar, e tudo isso com a vida e com a mãe natureza.

Bora pedalar!


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui