Você também pode ouvir este conteúdo! 🎧

A forma como agimos diante de diversas situações é o que chamamos de comportamento, que passa por diversas transformações ao longo de nossa vida e é formado por diversos fatores: o ambiente e pessoas que convivemos, a genética, momentos de nossas vidas e pela sociedade.

Portanto, a frase “eu nasci assim, vou morrer assim”, da música da personagem Gabriela, nem sempre está correta, pois o nosso comportamento pode e, muitas vezes, deve mudar.

“Eu nasci assim, eu cresci assim, e sou mesmo assim, vou ser sempre assim Gabriela… Sempre Gabriela” 🎶

Mudanças!

Em nossas vidas lidamos com pessoas de diversos temperamentos e comportamentos, e algumas vezes nos deparamos com pessoas mais “difíceis” de lidar – e alguns têm consciência disso e até se orgulham de ser assim.

No ambiente profissional presenciei pessoas dizendo, por exemplo: “Vai chegar um novo chefe, ele que se adapte ao meu jeito, pois eu não vou mudar”. Difícil, não? Neste contexto, provavelmente a adaptação será de todos, e consequentemente a mudança de comportamento será bem-vinda.

Você também deve conhecer alguém – seja um amigo ou familiar – que fuma muito, ou que tem uma vida sedentária e que, apesar de já ter recebido orientação médica para fazer exercícios físicos, ela de jeito nenhum faz! De repente, a pessoa passa por um grave problema de saúde e, quando se recupera, só aí vai atrás do prejuízo – ou seja, muda de comportamento e passa a fazer exercícios físicos ou para de fumar, por exemplo.

Leia também: Procurando lugares para pedalar na cidade? A gente te ajuda!

Atualmente, estamos com a necessidade de usar máscaras em função da pandemia que estamos passando, e ainda assim se observarmos na rua tem bastante gente que não usa!

Temos a consciência que para cultivarmos nossas relações, ter sucesso no ambiente profissional, encarar desafios e ter mais momentos de felicidade, precisamos mudar nosso comportamento. Ter a consciência da necessidade de mudança é um caminho, mas muitas vezes não é o suficiente para a mudança ocorrer.

(Foto: Reprodução)

Passo a passo da mudança

O primeiro passo para mudar é querer mudar! E é por meio do autoconhecimento, emoções, sentimentos e pensamentos é que conseguiremos. Não adianta eu falar para aquele profissional que ia receber o novo chefe na equipe se ele não perceber a real necessidade disso, se ele não buscar o autoconhecimento e corrigir pensamentos distorcidos.

Não é fácil, mas com o apoio psicológico, estar disposto, ser persistente, aprender e perceber que mudar o nosso comportamento provocará a mudança de comportamento do outro, podemos melhorar nossas relações familiares, sociais e profissionais.

Espero ter aberto uma porta de possível mudança se você estiver buscando por ela! O ambiente poderá te provocar, mas ela efetivamente ocorrerá de dentro para fora! 😉

Obrigada e até a próxima!


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui