Previsto para 2022, o EcoParque das Aves possuirá estrutura para garantir o bem estar dos animais e dos visitantes, o projeto da área verde inclui: anfiteatro a céu aberto (capacidade para 130 pessoas), viveiros, viveiros de imersão, café lounge, jardim contemplativo, museu, trilhas ecológicas, borboletário e área para piquenique.

Já no setor comercial, haverá um centro de convenção, estacionamento para 175 carros, restaurante com vista panorâmica e 10 lojas (disponíveis para locação).

Voltado a conservação da fauna e da flora local, o Parque abrigará em especial, animais provenientes do tráfico de animais silvestres.

O Plano de voo

Planejado desde 2017, o projeto é fruto de um sonho que nasceu da admiração pela natureza, que o casal Marcio Cezar Janjacomo e Andrea Isabelle Baka Janjacomo obtiveram após visitas e trabalhos em centros de conservação da fauna e flora.

A ideia é que o local também seja voltado para a educação ambiental, com visitas escolares e visitas guiadas, além de contar com um espaço dedicado à soltura de aves vitimadas pelo tráfico.

O projeto já tem parceria com o CEMPAS (Centro de Medicina e Pesquisa em Animais Selvagens) e algumas empresas da cidade.

Apresentação

Nessa sexta-feira, acontecerá no anfiteatro do IB, um evento de apresentação para autoridades locais e empresários interessados em conhecer o projeto.

Para mais informações entre em contato pelo número (014)99683-9804 ou pelo e-mail contatoecoparque@gmail.com


Gostou desse conteúdo? Deixe seu comentário no campo abaixo! E se você conhece alguma história bacana de Botucatu e quer que ela seja contada aqui, entre em contato pelo e-mail: sugestao.pauta@solutudo.com.br    ​

Avalie este conteúdo

3 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui