Nessa época de quarentena e isolamento social vemos cada vez mais a importância de se proteger utilizando máscaras, caso seja necessário sair de casa. As máscaras se tornaram mais que um item para nossa segurança, a utilização das mesmas também é um ato de respeito ao próximo. Assim evitando que mais pessoas sejam contagiadas pelo Covid-19.

E hoje queremos apresentar para vocês a ação criada pela dona Célia, moradora de Atibaia de 68 anos que se viu obrigada a afastar-se de sua rotina por fazer parte do principal grupo de risco atingido pela doença.

Célia que é empresária na cidade conta que desde o dia 20 de março se desligou totalmente dos seus serviços visando proteger sua saúde. E de lá para cá pouca coisa mudou. – Foto: arquivo pessoal

Proprietária de uma rede de óticas no centro da cidade, as Óticas Loony, Célia nunca foi de ficar parada por muito tempo. Trabalhando desde nova, ela já estava acostumada com dias corridos e suas diversas tarefas que exercia diariamente. Ela brinca que as medidas de isolamento social foram muito difíceis e agoniantes nos primeiros dias e que se viu precisando fazer alguma coisa diferente para “não enlouquecer”.

“Eu não estou saindo de casa nem para ir no mercado, meus filhos não querem que eu corra nenhum risco. Por isso decidi usar meu tempo para fazer algo bom.”

Célia sempre gostou de costurar, ela nunca trabalhou na área mas tem a muito tempo uma máquina em casa, que utilizava (antes da quarentena) para fazer pequenos reparos e algumas peças para sua família. É algo que ela fazia para se divertir, passar o tempo e se desestressar da correria do dia-a-dia.

Como a ação começou

No inicio de março às máscaras cirúrgicas vendidas em farmácias e lojas de EPI começaram a desaparecer das prateleiras devido a grande demanda que se surgiu. O produto não estava sendo encontrado em lugar algum e quando achado possuía um preço exorbitante e fora do comum. Pensando nisso, Célia decidiu fazer sozinha máscaras em sua residência, utilizando tecidos antigos que tinha guardado por lá. As primeiras máscaras que ela fez foram entregues para os seus filhos e suas funcionárias, que estavam diariamente lidando com pessoas e expostos a doença.

Após isso ela continuo confeccionando as máscaras dia após dia para amigos, conhecidos, e pessoas que precisavam no geral. Dai em diante a ação foi crescendo cada vez mais e as doações aumentando. Tudo gratuitamente e divulgado através do seu facebook e de seus amigos que gostaram da ideia e compartilhavam por lá.

“O bacana é que as pessoas também começaram a me ajudar fazendo doações de tecidos para eu confeccionar cada vez mais máscaras.”

Além das máscaras, Célia também costura diariamente tiaras para alívio de dores atrás das orelhas. Dores essas que podem ser causadas a pessoas que utilizam máscaras por um grande período de tempo. Foto: arquivo pessoal

Hoje Célia conta que doou mais de 500 máscaras para pessoas da cidade. E começou recentemente uma nova ação, pedindo para os interessados em adquirir as máscaras a doação de um quilo de alimento não perecível. Para assim, também poder entregar cestas básicas para a comunidade carente da cidade.

Como adquirir sua máscara

Para essa segunda-feira, dia 18/05, Célia deixou pronto mais de 80 máscaras em sua loja. Então basta você se dirigir até o local e retirar seu produto. A Óticas Loony fica localizada na Rua João Píres, 66 – Centro de Atibaia, bem próximo ao Terminal Rodoviário da Estância de Atibaia.

Lembrando que a cada um quilo de alimento não perecível você tem direito a duas máscaras, podendo escolher entre os modelos infantis ou adulto.

Caso você queira há também a possibilidade de encomendar as suas máscaras. Basta enviar uma mensagem no WhatsApp (11) 94381-8645 dizendo quantas máscaras você irá precisar, cores que prefere e etc. Por lá você pode combinar um melhor dia e horário para retirar suas máscaras também na Óticas Loony.

máscaras
Por dia Célia fabrica sozinha um número em torno de 20 máscaras. – Foto: arquivo pessoal.

Ah, e você também pode ajudar nessa ação! A Célia está precisando urgentemente de elásticos para a fabricação das máscaras. Se você tiver em casa e quiser realizar uma doação desse material, ajude! Pode ter certeza que assim você também estará contribuindo para a entrega de máscaras para outras centenas de famílias.

Outras informações e como ajudar: (11) 94381-8645 (WhatsApp). E lembre-se, se puder fique em casa! =)


Gostou desse conteúdo? Deixe seu comentário no campo abaixo! E se você conhece alguma história bacana da sua cidade e quer que ela seja contada aqui, entre em contato pelo e-mail: atibaia@solutudo.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui