Quem passou pela rua da Cobasi já deve ter se deparado com um cantinho diferente na cidade, todo de madeira e bem aconchegante. Estamos falando do Cantinho da Val, e hoje vamos contar um pouco da história da dona desse lugar, que além de dar o seu próprio nome ao espaço também oferece muito amor e esforço ao local.

O cantinho também é conhecido como “Açai da Val”, devido a esse ser o principal produto do estabelecimento – Foto: arquivo pessoal

Sua História

Maria Grivalda, conhecida na cidade por “Val“, nasceu em 1971 na cidade Governador Valadares, interior de Minas Gerais. De família humilde e batalhadora sua vida nunca foi a das mais fáceis, tanto seu pai quanto sua mãe trabalhavam na roça diariamente em uma rotina exaustiva que começava logo ao amanhecer e ia até o começo da noite.

Sempre cheia de responsabilidades Val se tornou adulta muito mais cedo do que jovens na sua idade. Com os pais ausentes na maior parte do dia devido aos trabalhos na roça, Val se via na obrigação de cuidar da casa. Era responsável pela comida do seu lar, pela limpeza e o cuidado com os irmãos mais novos, uma rotina que a privou de muitas coisas.

Minha mãe nunca teve estudo, mas me ensinou a importância de trabalhar. Eu agradeço a ela por tudo que ela me ensinou.

Seus pais eram pessoas simples, que faziam tudo pelos filhos. Val conta que mesmo querendo ajudar de outra forma, seus pais não permitiam que ela trabalhasse na roça. Eles queriam que seus filhos estudassem para ter uma vida melhor.

Educação para mãe de Val era tudo, ela não sabia ler e escrever. Ela queria um futuro diferente daquela realidade para suas crianças.

A mãe de Val hoje tem 66 anos e ainda reside em Governador Valadares. – Foto: arquivo pessoal

Minha mãe as vezes chorava enquanto dizia que não queria que fossemos igual a ela. Ter uma vida sofrida daquele jeito sabe? Então ela sempre falava da importância de estudar.

Infelizmente mesmo com o incentivo presente dos pais as coisas não eram tão fáceis. Ainda na adolescência, Val que já trabalhava em outros locais para ajudar sua família, teve que mudar de cidade devido ao emprego que estava, e se viu obrigada a abandonar a escola.

Ela conta que foi um período triste, e lembra até hoje das falas da sua mãe que sempre se importou tanto com a educação de Val e seus irmãos: “Filha você está indo para o mundo, mas nunca se esqueça de tudo que eu pude te ensinar… Quando precisar perguntar algo para alguém sempre pergunte para alguém mais velho, assim eles vão te responder como eu responderia. E você se lembrará de mim.”

Esse seu primeiro emprego longe de casa foi aos 15 anos, como babá. De lá para cá Val trabalhou grande parte da sua vida na área da limpeza, principalmente como faxineira e camareira…

Essa foi a última foto de Val em sua cidade natal, sentada em um ponto de ônibus com sua pequena mala do lado – Foto: arquivo pessoal

Uma nova vida em Atibaia

Val está em Atibaia a mais de 25 anos, mudou-se para cá quando sua irmã (que já morava por aqui) teve um filho e a convidou para passar algumas semanas na cidade. Assim ajudaria com o bebê e realizaria outras tarefas que a irmã que acabava de dar à luz não poderia fazer.

Val adorou a cidade de primeira, para ela Atibaia é um encanto. Ela nunca foi tão bem recebida pelas pessoas como aqui. Segundo ela as pessoas da cidade são extremamente gentis e isso a encantou, “Atibaia para mim foi como um coração de mãe, sempre me acolheu”.

Foi também em Atibaia que Val conseguiu concluir seus estudos, realizando assim o grande sonho da sua mãe. Mesmo com muitas dificuldades e pela correria da vida adulta, Val se formou na escola Major. E aproveita para agradecer aos professores que fizeram parte da sua vida.

“Atibaia me recebeu só com uma mochila nas costas, eu não tinha nada na vida. E aqui estou até hoje.”

E quando se trata de emprego, Val não tem o que reclamar sobre Atibaia. As oportunidades sempre surgiam. Era como se a cidade quisesse que ela ficasse por aqui. Ela trabalhou em hotel, como passadeira, já catou latinha… De tudo que você imaginar ela fez um pouco.

Antes de seu cantinho

Seu último emprego antes do Cantinho da Val era como roceira, onde rastelava terrenos e ajudava nas plantações junto ao seu marido. Um trabalho braçal muito exaustivo, mas que sempre fez com orgulho por ser o sustento de sua família.

Enquanto seu marido cuidava de jardins e plantações, Val rastelava e carregava os sacos de grama e lixo. Ao mesmo tempo que tinha esse trabalho ao lado do Marido, Val também realizava bicos e exercia outras funções nos horários que sobravam. Era garçonete no período noturno e também continuava a realizar faxinas na cidade quando chamada.

Amor a primeira vista

Val sempre sonhou em ter algo próprio como fonte de renda, mas nunca teve a oportunidade e nem muito dinheiro para poder investir. Tudo isso mudou em 2017, em uma noite depois do seu expediente de garçonete ela conversava com seu marido, falando que queria sair daquela vida nem que fosse para ter um carrinho de pipoca na rua. Mas precisava fazer algo.

“Essa conversa era por volta de uma três horas da manhã, meu marido comentou que o Alemão (amigo dele) sabia de um ponto que estava para locar na cidade. Parece loucura, mas eu sai de casa aquele dia às 3h30h da madrugada par ir ver esse lugar.”

Val foi conhecer o ponto naquela madrugada, alguma coisa estava chamando por ela, o espaço a encantou de primeira mesmo fechado. Ela parou em frente, anotou o telefone que estava na placa e a partir desse dia sua vida mudou para sempre.

Essa foi a primeira foto que Val tirou logo após dar entrada na locação do espaço – Foto: arquivo pessoal.

E foi assim, tudo muito rápido. Nas semanas seguintes Val já estava dando entrada nos papeis necessários e lutando para conseguir tudo que fosse necessário para seu local funcionar perfeitamente.

“Quando a gente acredita em Deus, tudo da certo para a gente… Eu levanto de manhã e falo “Senhor, será que é verdade?”

Na semana da inauguração do seu cantinho, Val conta que os alguns problemas começaram a aparecer. Infelizmente ela não havia conseguido reunir todo o dinheiro que precisava para comprar itens necessários e se viu em uma situação muito difícil.

Assim, decidiu ir até uma loja no centro da cidade e explicar sua situação para o dono da mesma. Ela relata que conversou até dando risada, pois nunca imaginaria que receberia a ajuda de alguém. Mas precisava tentar, precisava fazer com que aquele sonho desse certo.

No outro dia o dono da loja chamado Eber Tagomori a chamou até o local e a entregou o dinheiro que precisava em mãos, para que comprasse o que fosse necessário. Val nunca esqueceu esse momento e agradece imensamente ao Eber por ter acredito nela e a ajudado. Tudo finalmente começava a dar certo.


Os desafios foram imensos nesse últimos dois anos, mas Val é muito feliz e agradecida a vida pela oportunidade que teve. Sempre batalhando com muita dedicação pelo seu cantinho e atendendo seus clientes com um sorriso no rosto e muito amor.

Quer conhecer um pouco mais sobre o Cantinho dela? Faça uma visita ao local que fica na R. Pref. Takao Ono, 1274, bem próximo a Cobasi. Teremos certeza que você será maravilhosamente atendido pela Val! =)


Gostou desse conteúdo? Deixe seu comentário no campo abaixo! E se você conhece alguma história bacana da sua cidade e quer que ela seja contada aqui, entre em contato pelo e-mail: atibaia@solutudo.com.br

8 COMENTÁRIOS

  1. Val a voz mais doce que já ouvi, fizemos academia juntas e sempre foi vitoriosa em pouco tempo começou a competir (levantamento de pedi) é guerreira e merece isso.

  2. Outro dia eu e um grupo de amigas chegamos tarde da noite no Cantinho da Val. Em geral, os bares de Atibaia não recebem tão bem os clientes quando passa das 23h, compreendemos que as pessoas estão cansadas e querem ir pra casa :). Mas la!?! Fomos recebidas com sorrisos e muita cordialidade. É uma alegria ver uma história dessa, com uma mulher tão batalhadora. Voltaremos mais vezes Val ❤️

    • Isso ai Carolina, independente do horário, dia e etc, uma coisa é certa: ela sempre irá atender a todos com um super sorriso no rosto! 💜😊

  3. Que linda história ❤️🥰
    Que Deus abençoe grandemente sua vida Val e realize seus sonhos conforme a vontade DELE que é boa,perfeita e agradável sempre 🙏🙌☺️.
    Felicidades para vc e sua família 😘

  4. Val, comentario de um antigo amigo, de longe. Que costumava jantar com os amigos na pizzaria onde trabalhava e sempre admirei sua estoria de vida. Parabens, fico orgulhoso de voce e contente em saber que estava certo. Voce iria crescer em vida, muito rapido! Deus lhe abencoe! Voce e um grande exemplo de trabalho duro, perseveranca e atitude. BRAVO. Ed – Texas

    • Ed, que legal que você conhece ela a tanto tempo. Então deve saber (até melhor que nós) que ela é uma guerreira incrível. 😊

    • Vanderlei a história dela é linda, não é mesmo? Esperamos que muitas pessoas se sintam inspiradas e nunca deixem de acreditar! 💜💜

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui