Que a educação é transformadora todos nós sabemos, não é não? Mas é sempre inspirador ouvir alguma história de vida que foi diretamente afetada pelo poder do conhecimento. E esse é o caso do Luciano Ferreira de Lima, 37 anos, de Sorocaba (SP). 

Trabalhando como coletor de lixo, ele começou a reparar nos livros em boas condições descartados diariamente. Assim, passou a recolhê-los e levá-los para casa. Agora, ele já conta com uma biblioteca de aproximadamente 200 itens, todos retirados do lixo!

Luciano estava desempregado quando começou a trabalhar como coletor de lixo, no final de 2017. Casado e com dois filhos pequenos, precisou recorrer à alternativa que apareceu em sua vida e foi a partir daí que a coleção de livros tomou forma. 

“Eu acho o livro, levo para casa e dou uma reformada. Eu li já centenas de livros, autores conhecidos. Gosto de ler bastante história e obras científicas. Para mim, todo livro, independente do autor, gosto de ler, sempre tem algo a nos ensinar. Eu não julgo o livro pela capa não”, disse em entrevista ao portal Razões para Acreditar.

Paixão pelos estudos

Após ter uma infância e uma adolescência complicada, com os pais ausentes e envolvimento com a criminalidade, Luciano retornou para os estudos em 2004. 

Foi no supletivo que o coletor de lixo reacendeu sua vontade de aprender. Ele andava 12 quilômetros para chegar até a escola, até ganhar uma bicicleta da professora, que foi comprada com uma vaquinha feita por todos os alunos. 

Assim, nasceu sua paixão pelos livros e ele passou a entender a importância do conhecimento. Hoje em dia, Luciano não só têm uma biblioteca com vários tipos de livros, como também está se graduando em História!

Foto: Arquivo Pessoal

Além disso, ele dá palestras para jovens nas escolas da região para transmitir os ensinamentos que teve através da leitura.

“Eu digo à eles que hoje em dia a escola não é mais o lugar de arranjar emprego, como os nossos pais falavam. Na verdade, a escola nunca foi para isso. A escola é um lugar que forma cidadãos, formadores de opinião”, disse. “É através do conhecimento que conseguimos enfrentar os desafios do cotidiano, com ele, nos tornamos iguais e levo isso na periferia, não importa se você é pobre, se você tem conhecimento, você tem tudo.


Fonte: Razões para Acreditar


Gostou desse conteúdo? Deixe seu comentário no campo abaixo! E se você conhece alguma história bacana da sua cidade e quer que ela seja contada aqui, entre em contato pelo e-mail: sugestao.pauta@solutudo.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui