Você sabia que Botucatu é terra de uma recordista brasileira em levantamento de peso? O nome dela é Gislaine Dias! Atualmente com 44 anos, ela viu sua vida mudar quando o esporte entrou na vida dela. E, em meio a conquistas e dificuldades, ela fala sobre seus maiores desafios. 🏋️‍♀️💜

Como tudo começou…

Aos 41 anos, Gislaine começou a fazer musculação, mas nem imaginava ainda em ser uma levantadora de peso, a ideia inicial era por outro motivo.

“Eu comecei a praticar musculação para a perda de peso, porque eu era obesa.”

Ao longo do tempo, perdendo peso e ganhando massa muscular, Gislaine passou a gostar cada vez mais de treinar e, claro, levantar pesos. A paixão foi tanto que ela entrou no mundo dos campeonatos. E deu certo! Pois a botucatuense é campeã invicta até hoje. Todos os campeonatos que Gislaine participou, ela venceu.

O recorde é dela!

Com muitas conquistas no esporte, uma delas é a mais marcante para Gislaine. O motivo? Ela quebrou um recorde histórico de um peso levantado por uma mulher brasileira! Foram 240 kg levantados. Um recorde que vai ser difícil de alguém bater.

Dificuldades

Gislaine enfrenta uma desafio maior que qualquer peso levantado. Convocada para campeonatos no exterior como Argentina e Polônia, a levantadora ainda não foi apoiada com um patrocínio para competir pelo Brasil. A convocação surgiu após Gislaine ganhar mais destaque no esporte.

“Fui convocada quando ganhei o Campeonato Brasileiro, foi quando conquistei o tricampeonato.”

Academia para mulheres

Formada em Educação Física, Gislaine reabriu sua academia, a World G.Y.M, apenas para mulheres. Sempre prestativa e amando o que faz, ela cuida para que todas as clientes saiam satisfeitas.

Sobre o levantamento de peso, a recordista dá um conselho para quem se interessa em entrar no mundo do esporte, e faz um alerta para quem acha que é fácil!

“Precisa de muita disciplina porque não é fácil. Se você não tiver 100% de dedicação e ter um objetivo… você pode esquecer.”

“Não desisto nunca!”

Orgulhosa da conquista do recorde, a levantadora fala com paixão o que sente quando se recorda do fato.

“… Eu, como uma mulher de 44 anos, uma ex-obesa… Chegar numa marca dessa (240 kg) é muito gostoso e prazeroso.”

E empenhada em participar dos campeonatos que foi convocada, Gislaine relata que não pretende desistir jamais, e se mostra muito focada e determinada em realizar seus sonhos.

“Se não for esse ano eu continuo treinando, vou ano que vem… Eu não desisto nunca!”

Imagens cedidas por Gislaine Dias


Gostou desse conteúdo? Deixe seu comentário no campo abaixo! Se você conhece alguma história bacana da sua cidade e quer que ela seja contada aqui, entre em contato pelo e-mail: sugestao.pauta@solutudo.com.br.

5/5 - (3 votes)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui