No Dia Mundial da Higienização das Mãos, nada mais pertinente do que abordarmos temas relacionados a esta data, afinal, muitos já sabemos da situação que o mundo se encontra.

Com a chegada de uma pandemia, os cuidados com a saúde se intensificaram, contribuindo para que boa parte da população se conscientizasse com o momento, tomando as devidas precauções, como o uso de máscaras e álcool gel.

No entanto, as mãos são uma das partes do corpo que mais estão expostas ao contato, por isso, necessitam de uma lavagem especial. Com as dicas do médico infectologista, Alexandre Martins Portelinha, você aprenderá como esse processo funciona e como ele pode nos ajudar.

Médico infectologista orienta sobre a importância da lavagem e higienização das mãos
Alexandre Portelinha é graduado em medicina pela Unoeste. (Foto: Arquivo Pessoal)

Solutudo: Qual a importância de lavarmos e mantermos nossas mãos higienizadas? Fazendo isso, o que estamos prevenindo?

Dr. Alexandre: A lavagem das mãos se faz necessária porque elas são as principais carregadores e disseminadoras de bactérias e vírus. As mãos são contaminadas ao tocar superfícies, objetos contaminados ou até mesmo mãos e face de pessoas que estejam doentes. Com isso, temos o costume de levar a mão aos olhos, boca e nariz, acontecendo assim a contaminação.

Solutudo: Diante do cenário da pandemia, por que essa higienização se tornou essencial?

Dr. Alexandre: Esse processo é muito importante, pois a COVID pode ter manifestações respiratórias, como a gripe (H1N1); esses vírus são facilmente transmitidos para o meio ambiente através da tosse e espirros e, principalmente, para as mãos de quem está doente, que em seguida tocam com as mãos em telefones, chaves, maçanetas, dá a mão pra outra pessoa, etc.

Médico infectologista orienta sobre a importância da lavagem e higienização das mãos
(Foto: Icor)

Solutudo: Quanto ao álcool gel, como funciona sua eficácia na eliminação de bactérias?

Dr. Alexandre: O Álcool tem eficácia a ponto de eliminar 99% de bactérias e vírus, mas para isso o Álcool tem que ser fator 70%. Portanto, álcool 70% líquido para superfícies e álcool 70% em gel para mãos. Que devemos aguardar até secar.

Solutudo: Por que deve-se ter um cuidado maior quanto as mãos de pessoas com unhas grandes? É necessário cortá-las para manterem as bactérias longe?

Médico infectologista orienta sobre a importância da lavagem e higienização das mãos
(Foto: Image Freepik)

Dr. Alexandre: Unhas compridas podem acumular sujidade, portanto, deve-se tomar um cuidado maior na higienização nestes casos, inclusive o esmalte craquelado (desgastado), que torna-se um ambiente para os microrganismos.

Solutudo: Qual é a maneira correta e mais adequada que qualquer ser humano, desde crianças a idosos, devem fazer para lavar e higienizar suas mãos?

Dr. Alexandre: Para a lavagem correta das mãos deve se seguir alguns passos:

Médico infectologista orienta sobre a importância da lavagem e higienização das mãos
(Foto: Mulher Beleza)

1. Água e sabonete;
2. Esfregue as palmas das mãos uma na outra;
3. Esfregue o dorso com a palma das mãos;
4. Lave as palmas com os dedos entrelaçados;
5. Esfregue a base dos dedos nas palmas das mãos;
6. Lave os polegares com as palmas das mãos;
7. Esfregue as palmas das mãos com as pontas dos dedo;
8. Lave os punhos;
9. Seque as mãos.

OBS: esses passos também podem ser usados com o álcool em gel.


Sempre que as mãos estiverem com sujeira visível, lavar com água e sabão.

Além das mãos, existem outras partes do corpo que devemos tomar total cuidado para que assim, não sejamos contaminados pelo vírus, principalmente a face.

Com isso, adotar esses hábitos de proteção é de extrema importância para a sua saúde e de pessoas que estão ao seu redor.


Gostou desse conteúdo? Deixe seu comentário no campo abaixo! E se você conhece alguma história bacana da sua cidade e quer que ela seja contada aqui, entre em contato pelo e-mail: sugestao.pauta@solutudo.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui