Este conteúdo é um oferecimento UNIVEM, instituição referência em educação e que apoia as boas notícias de Marília.

A cidade de Marília, apesar de estar no interior do estado de São Paulo, foi o berço de diversas empresas que, atualmente, são conhecidas em todo o território nacional. 

Olha só essa lista que preparamos com cinco empresas 100% marilienses!

Sasazaki

Em 1933, a família Sasazaki desembarcou na cidade de Santos, vinda do Japão e instalou-se em uma fazenda em Guaimbê, no interior do estado. Depois de dez anos trabalhando na agricultura, os irmãos Kosaku e Yusaburo mudaram-se para Marília após a morte do pai.

Foto: Divulgação

Então, começaram a se dedicar à fabricação artesanal de lamparinas. Com os primeiros ganhos, os irmãos passaram a produzir equipamentos agrícolas, como plantadoras de algodão. Em 1958, nasceu a empresa Indústria e Comércio Sasazaki, com cerca de 50 funcionários.

Seis anos depois, deixou a fabricação manual e adotou um modelo mecanizado. Em 1975, por conta de mudanças climáticas e da sazonalidade da agricultura, a Sasazaki foi obrigada a mudar de ramo e começou a se dedicar à fabricação de esquadrias metálicas. Seu primeiro produto criado foi uma janela veneziana.

Foi então que a empresa se solidificou no ramo. Mais tarde, em 2009, passou a ser pioneira no país em utilização de nanotecnologia no processo de fabricação. A partir daí, filiais foram inauguradas em diversas cidades. Atualmente, a Sasazaki possui cerca de 900 funcionários diretos e é uma das maiores indústrias brasileiras no segmento.

Bradesco

Em 10 de março de 1943, Amador Aguiar, nascido em Ribeirão Preto, fundou o Banco Brasileiro de Descontos S.A na cidade de Marília. Atualmente chamado de Bradesco, o banco funcionava com matriz na cidades e outras seis agências em Garça, Getulina, Pompeia, Rancharia, Tupã e Vera Cruz.

Foto: Divulgação

Quando foi inaugurado, era um negócio pequeno e, por isso, foi chamado por muitos de “Banco dos Dez Contos”. No entanto, não se deixou levar pela onda crescente de xenofobia provocada pela II Guerra Mundial. Em suas agências, as possibilidades de um italiano, um alemão ou um japonês serem atendidos eram as melhores possíveis. Por isso, muitos deles procuravam o Bradesco na hora de abrir suas contas no Brasil.

O banco foi conseguindo cada vez mais clientes e transformou-se em um banco de massas. Em 1946, teve sua matriz transferida para a capital do estado. E, em 1948, a empresa comprou o Banco Mobilizador de Crédito, que ficava no Rio de Janeiro. Então, de banco regional, o Bradesco passou a ser um banco nacional.

Marilan

A Marilan foi fundada em 1956 pelo casal de origem italiana, Maximiliano e Iracema Garla. O nome da empresa foi escolhido pela própria comunidade mariliense através de um concurso realizada por uma rádio local.

Foto: Divulgação

A produção inicial, essencialmente artesanal, cresceu em quantidade e qualidade. No fim dos anos 1960 já eram produzidos mais de 600 quilos de biscoitos por hora. Nos anos 90, a Marilan já produzia 84 mil toneladas de biscoitos por ano e contava com 1,3 mil colaboradores diretos.

Em 1995, Maximiliano recebeu o prêmio de empresário do ano. Dois anos depois, em 1997, recebeu o título de “Cidadão Mariliense”, concedido pela Câmara Municipal”.

Atualmente, a Marilan é a segunda maior fabricante de biscoitos do Brasil, gera mais de 3 mil empregos diretos e indiretos. Seu catálogo possui mais de 100 produtos e a fábrica tem capacidade para produzir até 200 mil toneladas por ano.

Grupo Kawakami

Os Kawakami começaram trabalhando em uma lavoura na cidade de Duartina e, em poucos anos, arrendaram terras em Marília, onde plantavam batata, amendoim, algodão e milho.

Foto: Reprodução/Google Maps

Em 1975, as atividades se expandiram e a família resolveu abrir o Varejão Príncipe Mikasa. Poucos meses depois, foi fundada a empresa Cerealista Kawakami Ltda. em Marília. A empresa foi se expandindo e, em 1996, começou a abrir filiais em outras cidades da região, tornando-se o conhecido Supermercados Kawakami.

Atualmente, a empresa está presente em mais de oito cidades da região e conta com mais de 1,5 mil colaboradores diretos e indiretos.

Tauste Supermercados

Inaugurado em 1991, o grupo iniciou suas atividades em uma pequena loja de bairro. O nome “Tauste” é em homenagem à cidade de origem da família dos fundadores, que fica na província de Zaragoza, na Espanha.

Foto: Divulgação

Em 2000, a empresa mudou-se para um novo prédio devido ao aumento das atividades. Em março de 2004, o Tauste abriu sua segunda loja em Marília, expandindo seus negócios e consolidando a empresa na cidade.

Atualmente, a rede possui cinco lojas, totalizando mais de 2 mil colaboradores.


Gostou desse conteúdo? Deixe seu comentário no campo abaixo! Se você conhece alguma história bacana da sua cidade e quer que ela seja contada aqui, entre em contato pelo e-mail: sugestao.pauta@solutudo.com.br.


Este conteúdo é um oferecimento UNIVEM, instituição referência em educação e que apoia as boas notícias de Marília.

5/5 - (2 votes)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui