Alvari Ramacini Junior,63, é um linense apaixonado pela cidade. Guia turístico, apresenta com entusiasmos a história e as coisas que fazem parte daqui.

Veja este vídeo maravilhoso do Alvari, o Barbosinha

Uma cidade não pode perder o seu apego as suas raízes e nem deixar esfriar o amor por tudo que hoje está construído. É por isso que Alvari, o Barbosinha trabalha todos os dias para promover o turismo da cidade. Quem, mesmo não sabendo o seu nome, nunca o viu no calçadão da cidade? Vestido de um uniforme verde só seu, ele comparece todos os dias no espaço gentilmente cedido pela Casablanca modas e apresenta ali o seu material.

O início de tudo

Alvari nasceu e vive em Lins desde sempre. Tem uma vida pacata e esbanja simpatia onde quer que esteja. Em um período da sua vida, enfrentava problemas pessoais. Motivado por uma mensagem de um ente querido, decidiu dar a volta por cima. Como quem recebe uma missão, sentiu que poderia contribuir com a cidade promovendo a história dela. Estamos aqui exatamente em 2003.

Teve então acesso ao livro “Lins e seus pioneiros” do escritor Altamiro Ghersel Ribeiro. Nele encontrou informações relevantes da história da fundação e progresso do município; conhecimentos fundamentais para apresentar aos futuros turistas, detalhes importantes da nossa história.

“Eu sentia como que a história de Lins estava adormecida. Pouco se ouvia falar das coisas que aconteceram aqui”, conta Alvari.

O primeiro roteiro

Já munido com importantes informações e tendo acesso a acervos históricos da cidade, elaborou o primeiro Roteiro Turístico de Lins. A proposta era fazer com que os alunos conhecem a história e também a diversidade ambiental da cidade e promover a conscientização quanto a sua preservação.

No roteiro estava previsto apresentar a primeira estação ferroviária de Lins, onde hoje funciona o museu, a rua Ceará em que os funcionários da NOB moravam (temos uma matéria exclusiva sobre a rua Ceará e você por ver clicando aqui), a rotunda que era a oficina dos trens e a Trilha Ecológica Barbosinha, que consistia em fazer os alunos conhecerem a nascente do rio, a biodiversidade e práticas que ajudam na preservação.

Atualmente a visitação ao rio Barbosinha está fechada, pois a área passou a ser considerada Área de Preservação Permanente (APP). Com a mudança, as aulas de conscientização ambiental acontecem no Horto Florestal de Lins e na SABESP.

Alvari, o Barbosinha

Barbosinha é o nome inconfundível e carinhoso que os próprios alunos o deram em referência ao trabalho que ele fazia nas regiões do rio. O título para ele soa como prêmio e o carrega com muito orgulho.

Missão

Embora é desta atividade que Barbosinha sobrevive, ele a carrega como uma missão pessoal. Conta com apoio de diversas empresas e do poder municipal. Mais do que isso, entende que apresentar a cidade é o legado que ficará e é assim que deseja ser lembrado para sempre.

Coração bondoso

Para ajudar em sua renda mensal, Barbosinha vende no calçadão da cidade as revistas que ele desenvolveu. Nelas, conta histórias da cidade, oferece entretenimento artístico através da pintura e ainda promove educação ambiental. De cada venda, parte é destinada ao Grupo de Combate ao Câncer de Lins.

Parte do acervo das revistas que Barbosinha vende.

O amor pela cidade

Lins é tudo para mim! Esta frase ouvimos em tom firme sair de sua boca. Ele continua dizendo ser aqui “tudo de bom” e que faz o seu trabalho pela cidade com a maior satisfação que um coração humano pode experimentar.

Palavras finais

Acredite! Acredite em você mesmo e vencerás! Esta é a frase que Barbosinha ecoa para a cidade. E é assim que acreditamos ser possível progredir; crer nestas palavras ditas por quem conta o passado, é um voto de fé e esperança pra quem sonha com um futuro melhor.

Nossa cidade tem histórias e pessoas admiráveis. Podemos pensar a este ponto, qual tem sido nossa missão? Independente de qual seja, todos podemos contribuir para que nossa Lins se aproxime do lugar ideal em que a nossa e as futuras gerações se sintam privilegiadas ao colher os frutos das nossas próprias boas ações.

Foto da capa: Unimed Lins


Conhece o Barbosinha? Já participou de algum roteiro turístico que ele apresenta? O que você acha do trabalho deste linense apaixonado pela cidade? Conte pra gente nos comentários e compartilhe esta história com sua família e amigos!

FacebookSolutudo Lins Instagram@solutudolins

4.9/5 - (52 votes)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui