Esse conteúdo é um oferecimento da Imobiliária Jaú, empresa madrinha que apoia as boas notícias de Jaú.

Nossa Senhora do Patrocínio, Igreja Matriz da cidade de Jaú, guarda muitas histórias. Sua fisionomia lembra muito um castelo, com certeza, beleza é algo que não falta em sua volta. Mas quais são os mistérios por trás dessa construção histórica?

Nossa Senhora do Patrocínio

Dia 8 de Setembro, é celebrado o dia de Nossa Senhora do Patrocínio. Um título muito venerado pela Igreja Católica, pois celebra e homenageia, a Virgem Maria. A data é celebrada com maior relevância na Espanha desde 1656, quando foi construída a primeira Igreja com o nome de Nossa Senhora do Patrocínio.

O templo católico é considerado um dos mais lindos do interior paulista! A construção da Igreja marcou o início de grandes povoados em Jaú. O início de muita cultura e conhecimento para toda a população jauense. Hoje, o templo que tanto admiramos, é a terceira imagem reerguida da Igreja. Sua primeira obra, começou com uma pequena capela, uma espécie de rancho pau-a-pique coberto com folhas de jeribá, no ano de 1853.

A segunda capela surgiu após a criação do povoado de Jaú, e sua construção era de madeira. Bento Manoel de Moraes foi o responsável por doar grande parte de seus bens para a construção de um novo templo. O terceiro templo começou a ser construído no ano de 1868, com todo o suporte necessário para atender a grandiosa fé da população.

A Igreja Matriz recebeu uma valorosa contribuição estrangeira para seu novo templo. Seu engenheiro-arquiteto, João Lourenço Madein, recém chegado da Europa, trabalhou no terreno da Igreja em seus 10.000 metros quadrados. A planta da Igreja foi desenhada em forma de cruz, como uma manifestação de fé, para toda a população.

A mão de obra do templo obteve uma grande ajuda italiana! Em 1904, Torello Dinucci, assumiu o controle da obra para a construção final. Torello pediu a ajuda de seu neto, Arnaldo Leonelli, para que viesse da Itália para a construção da abobadilha da Igreja. O término oficial da Matriz ocorreu no ano de 1905, com sua grande torre de cruz iluminada, tornando-se a primeira cruz iluminada no Brasil. 

Vitrais da Matriz:

Os vitrais ganharam nome dos principais doadores. O primeiro vitral é de doação da Família Morais Navarro. O segundo vitral, é de doação da Família Almeida Prado.

Altares da Matriz:

São localizados 3 altares dentro da Matriz. As missas eram rezadas alternando-se os altares, as celebrações principais eram executadas no altar-mor, ou seja, no altar principal.

A Matriz está localizada na Rua Visc. do Rio Branco, 333, Centro, na cidade de Jaú. Beleza, conhecimento e cultura, são grandes patrimônios da Matriz. Com certeza vale a pena ver de perto!

Gostou desse conteúdo? Deixe seu comentário no campo abaixo! E se você conhece alguma história bacana da sua cidade e quer que ela seja contada aqui, entre em contato pelo e-mail: sugestao.pauta@solutudo.com.br

Esse conteúdo é um oferecimento da Imobiliária Jaú, empresa madrinha que apoia as boas notícias de Jaú.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui