Uma motorista com uma linda história que sempre tem um lindo sorriso no roso que esbanja simpatia e simplicidade.

Fonte: Eliene

Eliene dos Santos Canales é viúva e tem dois filhos, um menino de 22 anos e uma menina de 19 anos. Era casada e seu marido faleceu no passado. Eliene conta que seu marido era caminhoneiro e ela amava viajar com ele para lhe fazer companhia, conhecer um pouco dos outros lugares, se distrair e era uma forma de passarem mais tempo juntos. Com o passar do tempo, seu marido, Fabiano, começou incentivá-la a dirigir caminhão e a ensinar algumas coisas para dirigir e para arrumar alguma coisa que pudesse quebrar. Assim, surgiu o gosto pela profissão.

“É difícil achar um homem que apoia uma mulher a dirigir, a ter uma profissão igual à dele. Mas ele sempre me incentivou”, fala Eliene.

Depois de um tempo, ela foi prestar concurso para a profissão e passou. Antes de ser caminhoneira, Eliene era funcionaria pública e trabalhava com serviços gerais. Em 2013, iniciou na profissão e está na ativa já há nove anos.

Fonte: Eliene

O que precisou enfrentar

No começo, teve muita dificuldade dos homens não aceitarem quando ela entrou no cargo, achando que ela não sabia de nada e havia um preconceito pelo fato de ser uma mulher dirigindo. Atualmente, já aceitam bem melhor e ela tem muitos amigos no meio do mercado de trabalho.

Ela nos conta que gostaria de ver mais mulheres dirigindo e está incentivando a mulherada a seguir o mesmo caminho. “É muito bom estar dirigindo e ser reconhecida por outras mulheres pela iniciativa, pois é difícil dos homens nos reconhecerem. Este tipo de trabalho vindo de uma mulher em um mundo tão masculino”, finaliza a caminhoneira.


Vá você também atrás dos seus sonhos!


Gostou desse conteúdo? Deixe seu comentário no campo abaixo! E se você conhece alguma história bacana de Dracena e quer que ela seja contada aqui, entre em contato pelo e-mail: [email protected]m.br

4.5/5 - (6 votes)

3 COMENTÁRIOS

  1. Uma matéria enobrecendo uma mãe uma mulher. As mulheres podem tudo e podem estar onde elas quiserem. Parabéns pela matéria.

  2. Que história linda! Admiro de mais mulheres que inspiram outra mulheres, com coragem e determinação ao lutarem por seus sonhos!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui