Nesta semana, nossa série “Botucatu antes e agora”, que faz um comparativo entre imagens antigas e atuais e revela as modificações que ocorreram em prédios e lugares conhecidos da cidade, faz um tour por mais seis endereços.

Você vai se deliciar vendo como eram e como ficaram o Elevado Bento Natel; o antigo Colégio Diocesano; o Seminário; a antiga administração dos Correios; a Igreja Sagrado Coração de Jesus e a Estação Ferroviária.  

Nesse passeio, o que fica claro é que a vida dos fotógrafos era muito mais tranquila no passado, já que não tinham que enfrentar a poluição visual dos dias de hoje para registrar esses belos prédios. Fios, placas, árvores, carros estacionados e as alterações construtivas hoje em dia tornam as imagens bem “menos limpas”.

Sempre destacamos a importância do trabalho de preservação dessa memória urbana realizado por entidades culturais, historiadores, amantes da fotografia ou pessoas comuns, que nos permite viajar no tempo e fazer essas comparações. Um delicioso exercício que revela como a cidade mudou. Confira!

Elevado Bento Natel antiga
Elevado Bento Natel atual
Foto: Carlos Pessoa

ELEVADO BENTO NATEL

Construído na década de 1970 e inaugurado oficialmente em 1974, na gestão do prefeito Plínio Paganini. Quando a obra foi anunciada, os críticos diziam que seria um viaduto que ligaria “nada a lugar nenhum”. Mas o Bento Natel transformou-se em importante ligação entre as regiões Norte e Central de Botucatu. Foi batizado em homenagem a Bento Natel, administrador da fazenda “Quebra Pote” em São Manuel e pai de Laudo Natel, ex-governador do Estado de São Paulo.

Colégio Diocesano antigo
Colégio La Salle atual
Foto: Carlos Pessoa

COLÉGIO DIOCESANO

Em 1913, Dom Lúcio Antunes de Souza, primeiro bispo de Botucatu, criou o Ginásio Diocesano com a finalidade de prover a cidade e a região de boa educação. Foi instalado no prédio originalmente construído para abrigar o Seminário, que em 1926 transferiu-se para outro prédio. Em 1919, foi incorporado a ele o Instituto Comercial Vittone, que formou os primeiros guarda-livros (contadores) da cidade e passou a denominar-se Escola Superior de Comércio de Botucatu. Com a elevação da Diocese de Botucatu a Arquidiocese, passa a denominar-se Colégio Arquidiocesano e Escola Técnica Nossa Senhora de Lourdes. Por intermédio de Dom Henrique Golland Trindade, primeiro arcebispo de Botucatu, a Congregação dos Irmãos Lassalistas adquiriu a escola, assumindo oficialmente a sua Direção em janeiro de 1960.  No local hoje funciona o Colégio La Salle.

Seminário antiga
Seminário atual
Foto: Carlos Pessoa

SEMINÁRIO

Inaugurado em 25 de março de 1911, por Dom Lúcio Antunes de Souza. Funcionou inicialmente onde hoje está instalado o Colégio La Salle. Devido ao grande número de vocacionados ao sacerdócio, em 1915 inicia-se a construção do novo prédio, o chamado Palácio Episcopal, para onde é transferido em 1926. Em 2001, Dom Aloysio Leal Pena, arcebispo da época, resolveu transferir o Seminário São José para a Casa Arquiepiscopal (onde o seminário se encontra hoje). Parte do antigo prédio foi alugada para a Secretaria Municipal de Educação.

Administração dos correios antiga
Lojas da Amando de Barros atual
Foto: Carlos Pessoa

ADMINISTRAÇÃO DOS CORREIOS DE BOTUCATU

O prédio localizado no cruzamento das Ruas Amando de Barros e Siqueira Campos, foi por muitos anos a sede da Administração dos Correios de Botucatu. Com a expansão da cidade e sua atuação regional, tempos depois decidiram construir um novo prédio no espigão da cidade, onde funciona a Prefeitura Municipal. O endereço antigo deu lugar a lojas do comércio.

Igreja Sagrado Coração de Jesus antiga
Igreja Sagrado Coração de Jesus atual
Foto: Carlos Pessoa

IGREJA SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS

No coração da Vila dos Lavradores está a igreja matriz do Sagrado Coração de Jesus. Conta a história que no local, mesmo antes do arruamento definitivo do bairro havia uma singela capela. A criação da Paróquia do Sagrado Coração de Jesus ocorreu em 23 de setembro de 1923. O crescimento da região motivou a construção de uma nova igreja. Em maio de 1927 reuniu-se pela primeira vez a comissão formada para a construção da nova matriz, sob a presidência de Virgínio Lunardi, que depois viria a batizar a praça onde a igreja se encontra. A consagração da nova igreja aconteceu no dia 9 de junho de 1954.

Estação ferroviária antiga
Estação ferroviária atual
Foto: Carlos Pessoa

ESTAÇÃO FERROVIÁRIA

Com a chegada do trem à Botucatu, em 1889 foi inaugurada na rua Benjamim Constant, a estação da cidade, que na época era ponta de linha. Em 1906 foi construído um novo prédio com instalações maiores e mais modernas. O prédio atual é de 1934, construído por Camargo & Mesquita Engenheiros. Com a redução de investimentos, o fim da circulação de trens de passageiros e a decadência do serviço de transporte ferroviário, a estação ficou fechada por vários anos e quase ruiu pela ação do tempo e de vândalos. Em 22 de setembro de 2016, na gestão do prefeito João Cury, o prédio foi devolvido à população, após passar por amplo restauro.


Gostou desse conteúdo? Deixe seu comentário no campo abaixo! E, se você conhece alguma história bacana da sua cidade e quer que ela seja contada aqui, entre em contato pelo e-mail: sugestao.pauta@solutudo.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui