Hoje tem poesia do poeta Alessio Di Pascucci, em parceria com a fotógrafa Socorro Figueiredo:

Na vida real não tem como apagar
o “histórico de navegação”.
Os naufrágios sempre ficam
na memória do mar.
O tempo sempre traz os destroços
dos medos e amores afundados.
Tudo que se tentou ocultar, um dia volta.
Volta fantasma procurando por seu navio.

Poesia: Alessio Di Pascucci
Foto: Socorro Figueiredo

Gostou desse conteúdo? Deixe seu comentário no campo abaixo! E se você conhece alguma história bacana de Botucatu e quer que ela seja contada aqui, entre em contato pelo e-mail: sugestao.pauta@solutudo.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui