O professor de artes marciais, Ronaldo Fogueral, sabendo da dura realidade de muitas pessoas nesse momento, teve uma solidária iniciativa: após colher muitos chuchus no seu quintal, ele decidiu disponibilizá-los para a população de Botucatu.

Com um cartaz explicando que o alimento é para qualquer pessoa que esteja precisando, ele colocou os legumes do lado de fora da sua casa.

“Nesses dias de lockdown, passei a cuidar mais do quintal. Desde sexta estou colhendo esses chuchus e senti que mais pessoas poderiam saborear uma boa refeição com eles. Se hoje eu tenho, mais pessoas também terão!”

Cartaz pendurado junto com os legumes: “Se hoje eu tenho, você também têm! Se estiver precisando aceite essa humilde doação!”

Ronaldo é proprietário da Academia Shaolin, localizada na Vila Maria e também viveu momentos de crise durante a pandemia.

“Vivi uma situação difícil ano passado e início desse ano. Graças aos meus familiares e pessoas próximas não passei fome, imagino o quanto isso deve ser terrível.”

A ação do Ronaldo pode parecer simples, mas em um momento como esse que vivemos é necessária e inspira outros botucatuenses a realizarem ações em prol de pessoas que precisam de ajuda nessa época.

“É pouco perto da grande dificuldade que estamos enfrentando, mas se alguém não tiver fome, meu dia já valeu!

E você, o que você pode fazer além da sua zona de conforto?


Gostou desse conteúdo? Deixe seu comentário no campo abaixo! E se você tem uma sugestão e quer ver ela ela aqui, entre em contato pelo e-mail: sugestao.pauta@solutudo.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui