Anteriormente falamos um pouco a respeito da Semana da consciência negra em um evento realizado pela Funcap (Fundação de Cultura e Arte). E dando continuidade a esta, que é uma data significativa para o povo negro sergipano, a Associação Cultural Alarokê promove o III Xirê da Consciência Negra. E este ano o tema será a memória e a identidade do candomblé em Sergipe.

Xirê da Consciência Negra
(Foto:F5news/Reprodução)

Principais atividades

As atividades acontecerão em Aracaju e em São Cristóvão entre os dias 21 e 23 de novembro, e tem o objetivo de enaltecer a religião africana, o movimento negro e o combate a intolerância religiosa e racismo.

Será realizado no auditório do Colégio de Aplicação da Universidade Federal de Sergipe o primeiro dia do evento, abordando sobre a memória do Candomblé em Sergipe.

A abertura será realizada pelo Babá Juracy Junior e terá a presença de grandes nomes da representatividade negra em Sergipe como: Marizete Silva Lessa, Arvanley Augusto, Reginaldo Daniel Flores, Cristiano José dos Santos, Sônia Oliveira e Jane Lúcia Ya’nganga. Encerrando o primeiro dia terá uma apresentação cultural do coletivo HECTA com o espetáculo Teatro Sanfoka.

No segundo dia, 22, o evento da continuidade a partir das 15h, no Centro de Criatividade localizado na praça Saturnino de Brito, no Bairro Getúlio Vargas, com a feira Preta, além das oficinas de dança, turbante e percussão.

Durante a noite haverá palestra com o tema: Tradição, oralidade e prática do candomblé sergipano ministrado pelos palestrantes: Fernando Aguiar, Díjina A. Torres, Martha Salles e João Mouzart. Encerrando a noite, ocorrerá as apresentações culturais com o grupo de dança Agô composto por Michelle Pereira e o rapper Pardal.

Além dessas, outras atividades simultâneas acontecerão em Aracaju e no município de São Cristóvão. Para ficar ligado acompanhe a sua programação completa:

Programação Completa

21/11 (quinta-feira)

Local: Auditório do Colégio de Aplicação da Universidade Federal de Sergipe (CODAP/UFS)
18h – Cadastramento
18h30 – Abertura oficial, com Babá Juracy Júnior
18h45 – Mesa de Abertura: ‘Memória do candomblé em Sergipe’
Palestrantes: Marizete Silva Lessa; Arvanley Augusto; Reginaldo Daniel Flores; Cristiano José dos Santos; Sônia Oliveira e Jane Lúcia Ya’nganga.
19:30- Conferência: A trajetória do Babalorixá José Augusto dos Santos (Zé D’ Obakossô) Conferencista: Ivoneide Santos
20h15 – Atração cultural: Coletivo HECTA- Espetáculo de Teatro Sankofa

22/11 (sexta-feira)

Local: Ilê Axé Alaroke (Rodovia João Bebe Água, km 13, São Cristóvão/SE)
8h – Projeto ‘A Escola Vai ao Terreiro’

Local: Centro de Criatividade (Praça Saturnino de Brito, Bairro Getúlio Vargas, Aracaju/SE)
15h – Feira Preta e Oficinas (1. Dança, 2. Turbante, 3. Percussão)
19h – Mesa ‘Memórias e identidades: tradição, oralidade e prática no candomblé sergipano’
Palestrantes: Fernando Aguiar, Díjina A. Torres, Martha Salles e João Mouzart
21h00 – Apresentações culturais: espetáculo de dança ‘Agô’ (com Michelle Pereira) e Rapper Pardal

23/11 (sábado)

(Realizado em parceria com o Abassá Axé Ilê Pilão de Oxaguian)
Local: Abassá Axé Ilê Pilão de Oxaguian (Aloque. Aracaju/SE)

9h – Credenciamento
9h15 – Atração cultural: Grupo Azuela
9h20 – Apresentação de atabaques
9h30 – Fala de abertura, com o Babá Cristiano: ‘O terreiro te abraça’
9h35 – Palestras
Racismo religioso: Ya Sônia
Intolerância religiosa: Meire Mansuet
O papel do líder religioso na preservação das tradições: Marta Sales e Fernando Aguiar
A função social do terreiro: Anderson Caatinga
O papel do líder religioso na preservação do meio ambiente: Juracy Júnior
11h20 – Homenagem a lideranças religiosas
11h40 – Encerramento
11h45 – Atração cultural: grupo de capoeira

Atividades do III XIRÊ
Local: Abassá Axé Ilê Pilão de Oxaguian (Aloque. Aracaju/SE) 15h – Atração cultural: Grupo de Dança Arà ìjo
15h20 – Mesa ‘Memória e identidade sob a ótica dos sacerdotes’
Palestrantes: Juracy Júnior; Diógenes D’babá; Fernando Aguiar; Cristiano José Dos Santos; Arvanley Augusto; Fernando Kasiderán; Sônia Oliveira; Martha Salles; Rita Tacitaô e Jaciara Nkisi
18h – Encerramento oficial com a atração cultural: Afoxé DiPreto


Gostou desse conteúdo? Deixe seu comentário no campo abaixo! E se você conhece alguma história bacana da sua cidade e quer que ela seja contada aqui, entre em contato pelo e-mail:sugestao.pauta@solutudo.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui