Você sabia que em Botucatu há uma forte cultura nipônica? Se você já passou por uma das entradas da cidade, próxima da Rodovia Domingos Sartori e da Av. Vital Brasil, com certeza você já viu uma praça que chama a atenção por sua beleza e referências japonesas, a Praça Brasil-Japão!

Mas o que essa praça representa na história da cidade?

Objetivo e trabalhos

Com a chegada de imigrantes japoneses ao Brasil em busca de trabalho e melhores condições, algumas famílias japonesas vieram a Botucatu para trabalharem na agricultura, principalmente com a produção de frutas.

Foto: Reprodução

Sucesso em Botucatu

Um grande nome da cidade e referência no setor de hortifrúti é a Quitanda da Dona Marina, que há mais de 50 anos foi fundada por uma descendente de japoneses, a tão lembrada senhora, Marina Kassama.

A expansão e o impacto

Vale lembrar que os imigrantes não se destacaram apenas em um único setor. Eles se expandiram e conquistaram trabalhos no comércio e universidades também, como a Unesp de Botucatu, que forneceu programas de intercâmbio para trazer professores e docentes japoneses para cá.

Desde então, imigrantes e descendentes fizeram e ainda fazem história em Botucatu, por isso a homenagem aos imigrantes japoneses na terra dos bons ares, a Praça Brasil-Japão, que conta com um belo lago, quiosques para alimentação e uma linda arquitetura nipônica para admirar.


Gostou desse conteúdo? Deixe seu comentário no campo abaixo! E se você tem uma sugestão e quer ver ela ela aqui, entre em contato pelo e-mail: bianca.camargo@solutudo.com.br

2 COMENTÁRIOS

  1. Parabéns pelo artigo do Giovanni Witzler, primoroso, belíssimo!👏👏👏👏👏👏

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui