Esse conteúdo é um oferecimento da PrataNet, empresa que apoia as boas notícias de São Manuel.


A Comunidade

A Comunidade Padre Pio Filhos da Misericórdia é uma organização da sociedade civil de direito privado, sem fins econômicos e lucrativos, que tem como finalidade o apoio social às famílias em vulnerabilidade social da cidade e região. Foi instituída no ano de 2008, atuando no apoio e recuperação de famílias através de ações que minimizam sofrimentos decorrentes de situação de rua, envolvimento com drogas e alcoolismo, entre outros.

A Comunidade Padre Pio Filhos da Misericórdia tem por finalidade promover atividades de relevância pública e social através da proteção à família, à infância e adolescência, tendo como missão desenvolver ações de defesa e garantia de direitos a fim de prevenir ocorrências de exclusão social e risco social.

A comunidade possui três casas, as quais denominam de Casa de Acolhida, Casa Comunitária, e Casa de Apoio, onde é realizado as atividades.

CASA COMUNITÁRIA

A Casa Comunitária foi criada em 25/05/2014, juntamente com um grupo de voluntários. Iniciou-se a preparação de refeições (sopão) na cozinha de uma igreja, e saíram em vossos carros distribuindo a comida para moradores de bairros carentes, como: Vila São Geraldo, Jardim Ouro Verde, Jardim Santa Mônica, Jardim Santa Terezinha, Vila Rica, Cohab II, Centro da cidade e moradores em situação de rua.

Em atenção a estas necessidades, em outubro de 2015, alugaram uma casa a qual denominaram Casa Comunitária que funciona diariamente oferecendo café da manhã, jantar e banho aos moradores em situação de rua e famílias carentes que moram próximos a esta casa.

É realizado o atendimento em média de 15 pessoas por refeição e nesta casa é confeccionado semanalmente 840 litros de sopa, que são entregues às famílias carentes dos bairros acima citados, alimentando semanalmente uma média de 2.000 pessoas, entre crianças, jovens, adultos e idosos.

Além da alimentação, é realizado a coleta de: roupas, calçados, cobertores, móveis e utensílios que são distribuídos a todas as pessoas que pedem ajuda.

Nesta casa, os moradores em situação de rua que ficam nestas imediações, recebem alimentação, corte de cabelo e barba, podem tomar banho, lavar suas roupas e são orientados quanto aos danos causados pelo uso de substâncias psicoativas. Nesta orientação procura-se incentivá-los a buscar tratamento para sua dependência química.

CASA DE ACOLHIDA

Foi uma demanda considerável de pessoas em situação de rua que originou a predisposição de atuar nessa realidade. Como o município também diagnosticou a necessidade de implantação de “Albergue” para atender a população de rua existente, em parceria com a Prefeitura Municipal, em uma casa no dia 20/07/2017 iniciou-se o atendimento nessa área, como casa de passagem. Esta casa é denominada Casa de Acolhida.

A Casa de Acolhida tem o compromisso de atender os itinerantes da melhor forma possível. Para isto, ao darem entrada na casa, eles recebem kit para banho, orientação sobre higiene pessoal, alimentação (jantar e café da manhã), roupas, calçados e roupas de cama e banho limpas. Eles são acolhidos por uma noite, e após este período são entregues passagens disponibilizadas pelo município, para que possam retornar a sua cidade de origem. Já os moradores em situação de rua munícipes de São Manuel, podem usufruir dos serviços da casa sem limites de dias.

“Após estas iniciativas e acompanhamentos, esperamos que os acolhidos tenham condições de voltar ao convívio social e familiar. Como em alguns casos, durante o período de acolhimento não conseguimos a reaproximação dos acolhidos com seus familiares, para não os devolver para as ruas, alugamos uma outra casa a qual denominamos Casa de Apoio”.

CASA DE APOIO

Após o período de 9 meses na Casa de Acolhida, aqueles que não tem família ou não conseguiram a reaproximação com seus familiares, vão para Casa de Apoio. Esta funciona sob regras estabelecidas pelos coordenadores da Comunidade. O objetivo é que eles saiam do sistema de acolhimento e possam constituir o seu próprio espaço, morando sozinhos ou retornando ao convívio familiar mais estruturado e fortalecido. Para isto, terão o prazo de 1 ano de permanência na Casa de Apoio. Durante este tempo na casa, a Comunidade continua com o trabalho de fortalecimento de vínculos e apoio na prevenção de recaída. A comunidade os ajuda na reinserção no mercado de trabalho.


Gostou desse conteúdo? Deixe seu comentário no campo abaixo! E se você conhece alguma história bacana de São Manuel e quer que ela seja contada aqui, entre em contato pelo e-mail: alyn.rosa@solutudo.com.br


Esse conteúdo é um oferecimento da PrataNet, empresa que apoia as boas notícias de São Manuel.

Avalie este conteúdo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui