Voluntários e líderes da cidade de Marília trabalha na reativação do Centro de Valorização da Vida. A entidade já foi criada oficialmente e terá seu primeiro encontro no dia nove de maio na Câmara Municipal.

Em parceria com a prefeitura da cidade, o centro contará com uma sala no Terminal Rodoviário com atendimento 24h, que oferecerá a possiblidade de uma conversa anônima e sigilosa, com a ligação gratuita para o 188.

Isso porque dados divulgados em 2016 pela Fundação Seade apontam que a Região Administrativa de Marília (formada por 51 municípios da região), apresentou o segundo maior índice de suicídios do Estado de São Paulo, contabilizando uma média de 8,6 casos a cada 100 mil habitantes.

Treinamento

Em Marília, serão necessários 50 voluntários com idade mínima de 18 anos. Isso, para que seja possível montar uma escala de plantões/revezamento, sendo que, cada turno é de quatro horas.

Após o lançamento oficial da entidade, o CVV irá promover um treinamento de 40 horas para que os voluntários estejam capacitados a realizar os atendimentos.

Para mais infomações, basta entrar em contato pelo e-mail marilia.cvv@gmail.com.

Avalie este conteúdo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui