Este conteúdo é um oferecimento UNIVEM, instituição referência em educação e que apoia as boas notícias de Marília.


Você conhece bem Marília? A nossa cidade guarda uma extensa lista de lindos prédios históricos, nós listamos três que chamam a atenção no centro de Marília!

Edifício Marília


“Deverá estar terminado em fins de 1951”

Se em 1950 o Brasil perdia a Copa do Mundo para a Seleção do Uruguai, Marília começa a ganhar seu primeiro condomínio residencial vertical. Lançado pelo empreendedor Miguel Granito Neto, o Edifício Marília era anunciado como um ótimo investimento por sua rápida valorização. A publicidade que circulou à época garantia que o prédio iria ser concluído até o final do ano de 1951. ‘Finalmente foi iniciada em pleno coração da cidade a construção do Edifício Marília, prédio de oito andares’. Concluído conforme prometido, o prédio é um dos marcos do centro da cidade, localizado no cruzamento da Sampaio Vidal com a rua Nove de Julho.

Foto: Solutudo

Ouro Verde

O primeiro edifício de Marília

Idealizado pelo produtor rural Jupira Souto, um dos principais fazendeiros da primeira fase do progresso mariliense, o Ouro Verde foi concluído nos primeiros anos de 1950 e se tornou o primeiro edifício corporativo da cidade. Uma curiosidade: no último andar funcionou um clube social, onde se podia dançar e… paquerar. O escritor Ignácio Loyola Brandão, que possui familiares em Vera Cruz, era um assíduo frequentador do local. O Ouro Verde fica na avenida Sampaio Vidal, entre as ruas Maranhã e Coronel Galdino, e recebeu este nome em homenagem à força do café, que na época tinha o apelido de ‘Ouro Verde’.

Foto: Solutudo
Foto: Solutudo

Casa da Dom Pedro

O primeiro sobrado de Marília

Concluído em abril de 1929 – mesmo mês e ano em que Marília deixou de ser Patrimônio para se tornar Município – a primeira casa assobradada da cidade continua em pé e está entre os três únicos imóveis da cidade tombados pelo patrimônio histórico do Estado de São Paulo, o Condephaat. Os outros dois são a chaminé da antiga indústria Matarazzo e a sede da escola técnica Senac. O sobrado, que fica na rua Dom Pedro, no quarteirão entre a Quatro de Abril e a São Luiz, testemunhou o crescimento histórico, econômico e cultural de Marília. Seu pátio e quintal, nos últimos anos, vem servindo estacionamento rotativo para quem precisa ir ao centro de Marília.

Foto: Solutudo

E aí, bora fazer o passeio e conhecer o patrimônio histórico de Marília? 🧐


Gostou desse conteúdo? Deixe seu comentário no campo abaixo! Se você conhece alguma história bacana da sua cidade e quer que ela seja contada aqui, entre em contato pelo e-mail: sugestao.pauta@solutudo.com.br.


Este conteúdo é um oferecimento UNIVEM, instituição referência em educação e que apoia as boas notícias de Marília.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui