Esse conteúdo é um oferecimento da Univem Botucatu, empresa madrinha que apoia as boas notícias de Botucatu.

Após 3 casos de atropelamento e morte de tamanduás-bandeiras na Rodovia Gastão Dal Farra. Os três casos chocaram a população e com isso, a preocupação da população aumentou diante dos outros da mesma espécie.

Na Rodovia, como não há placas de sinalizações, moradores da região, se uniram para alertar os motoristas que por ali passam. O protesto foi de forma criativa e carismática! Os moradores desenharam na Rodovia um Tamanduá, suas pegadas e a palavra ‘‘cuidado”. O limite ideal para a passagem na Rodovia, é de 60 km/h!

Sobre os Tamanduás-bandeiras:

No Brasil, existe em média quatro espécies de Tamanduás e três delas, são exclusivas da América Latina e estão presentes no Brasil. O Tamanduá se caracteriza por seu tamanho e por seu focinho alongado, com 190 centímetros de comprimento e podendo pesar até 40 quilos.

Tamanduá-bandeira.

A espécie se alimenta de insetos e pode ingerir em média, 30 mil insetos por dia. O Tamanduá é um dos grandes predadores de extrema importância da cadeia alimentar! Em algumas regiões do país, 30% da população desses animais foram extintos nos últimos 10 anos. É uma das espécies mais ameaçadas. É um privilégio poder ter em nossa região espécies como essa. Isso torna nosso território ainda mais rico!

Gostou desse conteúdo? Deixe seu comentário no campo abaixo! E se você tem uma sugestão e quer ver ela ela aqui, entre em contato pelo e-mail: sugestao.pauta@solutudo.com.br

Esse conteúdo é um oferecimento da Univem Botucatu, empresa madrinha que apoia as boas notícias de Botucatu.

Avalie este conteúdo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui