Esse conteúdo é um oferecimento Univem Botucatu, empresa madrinha que apoia as boas notícias de Botucatu.

Alessandra Pereira da Silva, 36 anos, acorda todos os dias às 4h da manhã, toma café, cuida dos quatro filhos e vai para o trabalho. Se você já usa o transporte público em Botucatu, deve conhecer essa profissional. Ela nos conta que foi escolha própria ser motorista de ônibus:

“Eu era cobradora e ficava olhando o motorista dirigindo. Sentia muita vontade de conduzir o ônibus, então tomei coragem, falei com o meu chefe e em 2014, eu tirei a carta.”


Foto: Bianca Camargo

“No começo, o tamanho do veículo assusta, mas depois você acostuma, hoje em dia, pra mim é mais fácil dirigir ônibus do que carro. No ônibus eu fico no alto, dá para ver tudo.”

Além dos desafios da vida pessoal, a começar por conciliar a vida familiar, cuidar da casa e dos filhos.
A paixão por dirigir de Alessandra, também supera obstáculos da profissão: o preconceito que a motorista vive é diário.

“Nem todo mundo confia no trabalho de uma mulher motorista. Algumas pessoas ainda acreditam que só o homem é capaz de dirigir bem. Entram, fazem piadinha, e eu sou sempre simpática, levo na brincadeira. Mas depois elas percebem que eu consigo dar conta.”

“Em meio ao trânsito, não basta dirigir bem. É preciso paciência, simpatia e lembrar sempre que o meu trabalho é transportar a população com segurança!”

Nossa cidade é cheia de mulheres fortes e inspiradoras!


Gostou desse conteúdo? Deixe seu comentário no campo abaixo! E se você tem uma sugestão e quer ver ela ela aqui, entre em contato pelo e-mail: sugestao.pauta@solutudo.com.br.


Esse conteúdo é um oferecimento Univem Botucatu, empresa madrinha que apoia as boas notícias de Botucatu.

6 COMENTÁRIOS

  1. Parabéns!! Tbem tenho carta profissional. Dirigi ônibus , mas escolar em São Paulo! Hoje já estou aposentada!!!

  2. Eu conheço essa motorista exemplar que ela se tornou, diante de tantas as dificuldades e lutas que ela passou e ainda enfrenta para estar onde ela está hoje. Alessandra está de parabéns ! Pois eu tive o prazer de acompanha o início da batalha dessa guerreira na profissão pouco reconhecida, mas foi a que tocou no coração dela pra que hj ela pudesse desenvolver tão bem essa função. Deixo aqui meus parabéns a essa guerreira Alessandra por todos esforços que ela vem tendo com muita dedicação aos próprios usuários do transporte coletivo. E pessoa a toda população que atratem com respeito, pois ela poderia ser alguém da sua família.

  3. Já tive o prazer de andar com Alessandra ,ela dirigia o Unesp, além da simpatia ela é muito carinhosa com os passageiros, exemplo pra nós mulheres, ônibus apesar de ser grande mulher também pode dirigir e muito bem como essa guerreira Alessandra!

  4. Parabéns que Deus abençoe sempre a vida dessa motorista ela é uma guerreira e uma pessoa muito responsável pelo que faz conheço ela ,que Deus de forças e sabedoria para ela porque trabalhar com o povo não é fácil, que Deus te abençoe sempre com muita saúde e felicidades um gde abraço Alessandra te admiro muito

  5. Que Deus te proteja, não é fácil dirigir em Botucatu o povo não respeita,estaciona nas esquinas ,os motoristas tem que fazer malabarismo pra poder passar, parabéns,
    a maioria das mulheres dirige melhor que muitos homens.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui