Às vezes olhamos para alguém de sucesso e não fazemos ideia de como aquela pessoa chegou até o seu destino. Pessoas que saíram de uma vida simples e se tornaram empreendedores de sucesso. É neste sentido que a história de hoje é da Micheli, proprietária da loja Micheli Bolos, que se tornou uma grande empreendora que cresce a cada dia que passa.

Para quem pensa que a vida da Michele foi fácil, está muito enganado, ela vem de uma família humilde e sempre teve que trabalhar para conquistar seus objetivos. Seu primeiro emprego foi de diarista na casa da sua professora de matemática quando ainda era adolescente, todo dinheiro que entrava deste serviço era para ajudar em casa.

Micheli  queria muito fazer uma viagem de formatura para Porto Seguro, mas não tinha o dinheiro. Então, ela resolveu fazer lanches naturais para vender e foi aí que tudo começou. Após o sucesso dos lanches naturais, ela começou a fazer salgados para vender, pediu as contas do seu emprego na casa da professora e foi vender coxinha de porta em porta no bairro do Novo Mundo. Com esse dinheiro ela conseguiu entrar na faculdade, pagar a matrícula e os seis primeiros meses do curso.

Com isso, começou a trabalhar na ACE (Schmersal), onde trabalhou por seis anos, e continuou fazendo os salgados e bolos no tempo livre e aos finais de semana fazia cursos de confeitaria em Sorocaba. A primeira máquina de salgadinhos que ela comprou foi paga graças a um buffet que ela fechou na festa de final de ano da ACE (Schmersal).

Michele em foto tematica – Foto/reprodução: Instagram Micheli Bolos


“Eu sou muito grata a eles, porque eu consegui pagar o investimento da
máquina apenas com o contrato do buffet”
, diz Micheli.


Esse foi o start real da empresa, pois, a máquina consegue ter uma produtividade maior e melhor. Portanto, a loja abriu oficialmente no ano de 2007. Micheli teve muitos desafios durante sua jornada, mas não desistiu em nenhum momento, o maior de todos foi durante a pandemia. Ela ganhou uma licitação pública para instalação de uma lanchonete dentro do Instituto Federal de Boituva, investiu 30 mil reais e um mês após veio o lockdown. Ela ficou com a dívida do investimento e teve que continuar pagando aluguel até tudo retornar. Quem pensa que ela abaixou a cabeça está enganado, ela buscou alternativas e se reinventou.

“Busquei um curso de inteligência emocional para mulheres e depois o Metodo CIS do Paulo Vieira, isso me fez se reestruturar emocionalmente para conseguir continuar”, conta a empreendedora.

Além dos bolos e salgados, Micheli também começou a vender marmitex, digitalizou ainda mais os seus serviços e entrou na era do Instagram para alavancar as suas vendas, ela criou músicas, reels e publicações seguindo o hype do momento.

Micheli com marmita feita pela sua empresa – Foto/reprodução: Instagram Micheli Bolos


“Eu tinha vergonha de aparecer, mas também tinha conta para pagar, então tive que pesar as coisas. Inventei música, paródias com músicas do Gustavo Lima e desenvolvi todo meu potencial criativo para conseguir sobreviver“, ressalta Michele.


Durante esse momento de dificuldade, Michele manteve todos os seus colaboradores, se reinventou e não deixou a peteca cair, persistiu, seguiu e usou a criatividade a seu favor. E além da loja, Micheli também já desenvolveu uma oficina de CupCake para crianças que são verdadeiros mini fãs da Micheli. Também tem uma linha exclusiva de produtos veganos, desde bolos até salgados, pelo menos 15% dos seus clientes são veganos ou vegetarianos, atingindo outra parcela de consumidores da cidade de Boituva.

Oficina de Cup Cake Micheli Bolos – Foto/reprodução: Instagram Micheli Bolos


E esta história não para por aqui, hoje em dia sua loja faz mais de 50 mil salgadinhos e mais de 200 bolos por mês. Suas perspectivas para o futuro são promissoras, ela é muito fã da Cristiana Arcangeli e já deixa o aviso para os tubarões  do Shark Tank: vender uma parcela do seu negócio por nove milhões daqui a cinco anos.

Só para registrar, a Micheli conseguiu fazer sua viagem de formatura no final daquele ano, mas muito mais do que uma viagem, ela fez história e construiu uma carreira de muito sucesso que inspira muitas pessoas em Boituva, prezando sempre pela qualidade e bom atendimento.


Ficou com vontade de experimentar as maravilhas que a Micheli faz? Clique aqui e acesse o Instagram da loja ou clique aqui e veja os detalhes de contato. Aproveita para tirar uma foto marcando a @solutudo.boituva no Instagram.


Deixe seu comentário no campo abaixo! E se você conhece alguma história bacana de Boituva e quer que ela seja contada aqui, entre em contato pelo e-mail: [email protected]


SolutudoDeBom! Obrigado por ler, e confiar em nós. A nossa missão é ajudar você a conhecer melhor a cidade em que vive! 💜


Nos siga nas redes sociais.

Fale com o autor

4.7/5 - (4 votes)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui