O feminismo está cada vez mais presente em todos os lugares, inclusive, em Birigui. O projeto “Mulheres que Empoderando Mulheres”, visa trazer empoderamento e mudar vidas. Ele acontece na quinta-feira e no sábado no prédio da APAC Birigui.

Grupo de mulheres, Adriana está ao centro com a blusa vermelha (Reprodução: Manu Zambom/Hojemais Araçatuba)

A APAC fica localizada no bairro Quemil, em Birigui, e atende crianças e adolescentes de bairros próximos. O MEM (Mulheres Empoderando Mulheres) incentiva mulheres a voltarem a sonhar.

A criadora do projeto é coordenadora da APAC, Adriana Gonçalves. Ela conta que viu a necessidade de criar o grupo conhecendo as mães das crianças e adolescentes atendidos pela entidade não governamental.

” Eu fui conversando com essas mulheres e sentindo a necessidade de trazer algo para elas. Porque quando a gente ouve sempre de mulheres empoderando mulheres, a gente vê as mulheres da alta sociedade ou as mulheres que já são empreendedoras. E as mulheres da periferia, como é que fica?

Adriana explica

A ideia surgiu após o término do seu trabalho de conclusão do curso de Administração, onde ela falou sobre mulheres conquistando o sucesso na carreira após os 40 anos.

O que fazem?

Com oficinas voltadas para o profissional e emocional das participantes, elas já fizeram oficinas de empreendedorismo, marketing pessoal e planejamento estratégico, além de expressão corporal e danças.

Já passaram por lá oficinas de costura, de culinária, de finanças e eventos visando a auto-estima delas. Sempre muito animadas, o grupo fará 1 ano no dia 6 de janeiro e conta com apoiadores e patrocinadores para continuar de pé.

Reprodução: Arquivo pessoal

Em suas páginas em redes sociais, o MEM anuncia seus cursos e eventos, além de mostrar as conquistas realizadas. As oficinas são realizadas de acordo com os desejos e ambições do grupo, todas são ouvidas e importantes lá dentro.

As oficinas de culinária fizeram-nas conquistar independência financeira, já que o projeto não recebe nenhum apoio governamental

Acreditamos que com tudo isso em mente possamos garantir a participação plena e efetiva das mulheres e a igualdade de oportunidade para a liderança em todos os níveis de tomada de decisão na vida política, econômica e pública.

Explica a biografia do projeto
Cartaz de boas vindas e mesa de confraternização. (Reprodução: arquivo pessoal)

Confira essa e outras histórias da cidade no site da Solutudo Birigui!

Gostou desse conteúdo? Deixe seu comentário no campo abaixo! E se você conhece alguma história bacana de Araçatuba e quer que ela seja contada aqui, entre em contato pelo e-mail: sugestao.pauta@solutudo.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui