Durante esta quarentenda diante a pandemia do COVID-19, professores do Instituto Federal de Sergipe (IFS), estão realizando estudos onde conseguiram desenvolver um equipamento de alta tecnologia capaz de esterilizar pisos utilizando uma lâmpada especial de radiação UV tipo C onde é capaz de exterminar todo tipo de germes, protozoários, baterias e vírus presentes no chão.

Estudos demonstraram o resultado positivo dessa radiação para exterminar este tipo de ameaças em ambientes com segurança, desde que atenda a algumas especificidades.Todos os equipamentos produzidos pelos professores serão doados para hospitais públicos, instituições de caridade e organizações sem fins lucrativos.

Robô combate bactérias e vírus — Foto: Reinaldo Moura/IFS
(Foto:G1 Sergipe/Reprodução)

O criador do projeto é o professor de física do IFS – Campus Aracaju, Adeilson Pessoa de Melo explica que se baseou em um outro projeto do Instituto de Física de São Carlos da USP que também utilizaram a máquina para esterilizar a Santa Casa de Misericórdia.

“Partindo dessa ideia, resolvemos trazer a proposta para Sergipe, aproveitando o conhecimento e a força de vontade de professores do IFS. Com recursos que a nossa instituição disponibilizou, compramos essas lâmpadas, que são fabricadas fora do país, e encomendamos a solda do cabo de aço. Em nossos laboratórios, fizemos os estudos para testar a radiação necessária e montamos a parte eletrônica do equipamento. Inicialmente disponibilizaremos 19 rodos, mas já há perspectiva para produzirmos mais”, explica.

As lâmpadas possuem uma vida útil de 8 mil horas e podem ser ligadas pela tomada. Segundo o professor Adeilson, o custo total estimado para a produção de cada robô anti germes é de R$50,00, incluindo todos os recursos como: fiação, cabos, lâmpada e instalação elétrica.


Gostou desse conteúdo? Deixe seu comentário no campo abaixo! E se você conhece alguma história bacana da sua cidade e quer que ela seja contada aqui, entre em contato pelo e-mail: sugestao.pauta@solutudo.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui