Muito se ouve falar que as mulheres fazem muitas coisas ao mesmo tempo, e é uma verdade. Todos os dias muitas mulheres levantam de suas camas e percorrem por diversos caminhos, principalmente o caminho da superação. Guerreiras que são, elas nunca desistem, e quando desejam alcançar um objetivo, vão até o fim.

A história que vamos contar hoje mostra um pouquinho do dia a dia de uma dessas mulheres incríveis. Conheça a história de Emili, a confeiteira com orgulho!

Conheça Emili, uma confeiteira com muito orgulho

Emili Paula Carvalho de Miranda nasceu em Tatuí, e tem 24 anos. O amor pelo trabalho com as pessoas e a cozinha vem de berço. A avó de Emili já trabalhava com padaria, e foi uma das primeiras comerciantes do bairro Santa Rita, onde Emili e sua mãe Viviane moram até hoje. Tanto é que depois do falecimento de sua avó, a família foi procurada para que uma escola do bairro recebesse o nome da sua avó como uma homenagem. Grávida de Emili, sua mãe precisou mudar do Santa Rita para o bairro Vila Angélica, onde seu pai que hoje é falecido tinha um comércio.

“Pra mim a minha mãe é uma guerreira, pois ela nunca desistiu. Ela sempre continuou trabalhando na mesma área, mesmo com todas as dificuldades. E sempre com a família ao lado!”

Emili com sua mãe Viviane.

O começo de Emili na confeitaria

Viviane (mãe de Emili) certa vez arrendou a padaria que tinha chamada “Sonho Meu” para a tia de Emili, que na época recebeu uma proposta para fazer doces para um grande supermercado. Foi um momento de grande crescimento, onde trabalhavam Emili, sua irmã, e aproximadamente 8 funcionários. Nessa época Emili tinha aproximadamente 10 anos, e já arrasava na cozinha.

“Eu sempre amei! Não é atoa que meu primeiro registro em carteira foi quando trabalhei pra minha mãe quando eu tinha 16 anos”.

Chegou um momento que a mãe de Emili não queria mais seguir a área da confeitaria, por conta da grande demanda do trabalho. Como Emili era muito nova, ela não poderia assumir os trabalhos. Por isso, a mãe dela vendeu as coisas e passou para outra pessoa, e Emili foi trabalhar com seu tio em uma mercado, trabalhando na parte de confeitaria.

Depois de um tempo, Emili trabalhou na Padaria Onze como confeiteira, onde aprendeu muitas coisas, e é muito grata.

Já casada com seu esposo Ewertton, Emili decidiu começar seu próprio negócio com 21 anos.

“Eu queria que as pessoas tivessem o prazer e a certeza de consumir um produto feito totalmente por mim!”

Na época, Emili recebeu muitas críticas por abandonar o emprego e começar a trabalhar em casa, e mesmo assim ela não desistiu do seu sonho! Segundo ela, sua mãe e sua avó são umas das pessoas que mais a motivou para continuar trabalhando.

A chegada da maternidade

Tempos atrás Emili pensou em começar os seus trabalho em um lugar separado de sua casa. E no meio desse planejamento, ela descobriu sua gravidez. Ela se preocupou em conseguir dar conta de todas as coisas, mas segundo ela, a força que sua filha lhe deu foi essencial!

“Foi a melhor coisa que aconteceu na minha vida. A força que minha filha me deu eu jamais teria encontrado em outro lugar. Tudo acontece no tempo certo, não somos nós que sabemos a hora certa das coisas, e sim Deus!”

Hoje Emili está feliz e realizada com sua família e trabalho. Ainda em casa, Emili agregou uma pessoa à sua equipe, para ajudar com os trabalhos.

Emili trabalhando com sua filha no “canguru”.

O dia a dia com os clientes, família, e trabalho

Emili faz incríveis bolos artísticos. E é uma confeiteira muito reconhecida na cidade. Quem nunca fez uma encomenda com ela, deveria correr para experimentar as delícias que ela produz. Emili trabalha com encomendas, delivery, e também com retiradas no local.

A relação dela com os clientes é a melhor. Ela conta que quase todos os clientes se tornam amigos. E ela sempre faz questão de responder a todos.

Por trabalhar em casa, Emili concilia o trabalho com o cuidado com a família e a sua filha. Ela diz que sempre prioriza a sua família!

Foto de um antigo trabalho de Emili com sua mãe.

Trabalho mais marcante

Emili contou que o trabalho mais marcante pra ela foi o seu primeiro bolo com andares. Ela já tinha feito outras vezes, mas com o auxilio de sua mãe. Ela sentia um bloqueio, onde achava que só iria conseguir fazer com a ajuda de sua mãe. Mas mesmo assim ela foi com muita coragem para fazer. Segundo ela, fazer um bolo de andar é tão desafiador que é como se fosse cuidar de um filho. E ela conseguiu ter a confiança para fazer, mas até hoje ainda sente um frio na barriga.

Os sonhos de Emili atualmente

E é claro que não só de maravilhosos sonhos com creme de confeiteiro viverá uma pessoa que trabalha na confeitaria. Emili tem muitos sonhos e objetivos pra sua vida. O maior deles atualmente é terminar o espaço ao lado de sua casa pra trabalhar. Ela pretende até o ano que vem terminar essa cozinha. E além de trabalhar lá, ela quer usar o espaço para ensinar outras pessoas tudo o que ela aprendeu. Muitas pessoas sempre procuraram ela pra pedir ajuda, e ela nunca se negou. A partir disso, ela começou o sonho de um dia poder ensinar as pessoas.

A mensagem de Emili para as pessoas é “Não desista”! Ela disse que muitas vezes as pessoas começam algo, mas não continuam por conta das dificuldades.

“No começo não é fácil, pode ser que demore muitos anos. Mas as dificuldades nos deixam mais fortes para superar os desafios do dia a dia!”


Para conhecer Emili e seu trabalho, segue abaixo os seus contatos.

Instagram / Facebook


Já conhecia Emili? O que achou dessa história incrível? Deixe nos comentários!

É incrível ver e ler histórias de mulheres guerreiras que nunca desistem! Você conhece alguma história de outra mulher guerreira como Emili em Tatuí? Manda pra gente!


Gostou desse conteúdo? Deixe seu comentário no campo abaixo! E se você tem uma sugestão e quer ver ela ela aqui, entre em contato pelo e-mail: sugestao.pauta@solutudo.com.br.

4/5 - (32 votes)

2 COMENTÁRIOS

  1. Menina linda, humilde e de coração enorme!
    O sucesso é reflexo de tudo isso, além também das delícias que ela faz!
    Sou cliente e amo cada detalhe do que ela faz!
    Parabéns pelo trabalho, pela mãe, filha e pessoa que é!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui