Hoje, dia 5 de setembro é comemorado no Brasil o Dia do Irmão, data que celebra o amor entre irmãos de sangue ou de almas. E, por se tratar desse dia muito especial, a Solutudo traz histórias e declarações.

O Arthur Cardoso falou de seu irmão Luís Henrique Cardoso:

(Foto: Arquivo Pessoal)

“Eu sempre quis ter um irmão mais novo, eu também sempre pedi para meus pais, mas eu não sabia explicar o por quê. Tive que esperar 13 anos até o Luis Henrique chegar e mostrar que todas as razões eu já conhecia.  Agora eu percebo que o desejo que eu sentia, era meu coração falando, ele sabia que faltava algo. Um amor verdadeiro para complementar a minha existência. Ele significa agora tudo para mim, e eu já não consigo mais imaginar minha vida sem ele. Eu ganhei um irmão e um amigo para sempre.”

A Juliana Jorge disse sobre seus irmãos Marcelo Jorge e Natália Jorge Toffoli:

(Foto: Arquivo Pessoal)

“Feliz dia do ‘me leva junto?’, ‘mãe, olha eles’, ‘bora tomar uma ?’, ‘quando vocês vão vir me ver?’, ‘ow, alguém fala comigo?’, ‘amo vocês’, ‘tamo junto’, ‘estou com saudades’ Eu tenho os melhores do mundo! Feliz dia do irmão! Amo vocês!”

O Jean Ramos ressalta o amor pelos seus irmãos José Carlos da Silva Jr e Alan Ramos da Silva:

(Foto: Arquivo Pessoal)

“O Junior é o melhor irmão que eu poderia ter, sempre ao meu lado e me apoiando em todas as escolhas e sempre me dizendo que eu tinha que investir na minha vida. O Alan é o irmão que está ali no momento de ‘relax’, e tem os melhores conselhos e sempre me ajuda. Meus irmãos são os melhores presentes que a vida poderia ter me dado.”

A Giovana Dias conta de seus irmãos Ana Carolina Donega e Bruno Dias da Silva:

(Foto: Arquivo Pessoal)

“Meus irmão significam para mim amor e companheirismo. Os dois moram fora, a Carol em Maringá – PR e o Bruno em Medianeira – PR. Minha irmã sempre teve um espírito de mãe muito forte nela, ela sempre cuidou de mim e do mais novo com muito zelo, ensinamentos sábios e puxões de orelha. O Bruno por ser o único homem e mimado pela minha mãe, porém não ligamos mais pra isso. Eu e a Carol sempre nós demos bem, usamos tudo uma da outra e dividimos muitos segredos, já com o Bruno era mais brigas (risos) hoje em dia ele já está mais maduro e não tem mais isso, mais cumplicidade e companheirismos de ambas as partes. Eu fiquei sozinha, foi muito difícil me acostumar sem eles em casa, sem brigas, sem ter as coisas da minha irmã pra eu usar (risos), sem ter ela me dando bronca igual mãe, mas sei que é por um bem maior. Sou feliz por ter eles e não trocaria por nada na vida, mesmo distantes eu sempre lembro deles e fazemos de tudo pra conversar pelo WhatsApp ou vir pra casa ou ir pra casa deles. O que mais me deixa feliz é que eu sempre tenho o apoio da minha irmã pra tudo, mesmo se eu fizer uma decisão errada, ela manda eu enfrentar, e o Bruno mesmo sendo mais novo, ele me ensina a ser mais ‘cabeça’ pra certos assuntos, que  me deixa mais intelectual com a inteligência que esse garoto tem! Espero que os dois sejam sempre felizes e que a gente nunca perca isso que temos: companheirismo! Eu amo meus irmãos do jeitinho que eles são.”

A Camila Cremonezi fala de sua irmã Caroline Cremonezi:

(Foto: Arquivo Pessoal)

“Carol, você significa tanto para mim que chega a ser difícil explicar com palavras todo o amor que eu sinto por você. É uma maravilha ter você como irmã, pois também é uma grande amiga. Nunca se esqueça que eu sempre estarei do seu lado para tudo o que precisar. Te amo muito!”

A Pietra Soriano conta a falta que de seus irmãos Arthur Soriano e Gabriel Soriano fazem:

(Foto: Arquivo Pessoal)

“Meus irmãos são tudo pra mim. Eu sou bem mais velha que os dois, mas desde pequenos, o amor já era enorme e só cresce a cada dia. Eles não moram comigo e não consigo vê-los com tanta frequência, porém o amor não muda nunca, principalmente o deles. Seja por ligação ou áudio, eles sempre demonstram o quanto me amam e meu coração transborda. Só tenho a agradecer por todo esse amor que eles me dão.”

O dia é para aproveitar os bons laços sanguíneos ou de amor. 😉


Gostou desse conteúdo? Deixe seu comentário no campo abaixo! E se você conhece alguma história bacana da sua cidade e quer que ela seja contada aqui, entre em contato pelo e-mail: sugestao.pauta@solutudo.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui