Home Solutudo Com a força nordestina, Projeto Social transforma realidade de famílias rurais de Botucatu

Com a força nordestina, Projeto Social transforma realidade de famílias rurais de Botucatu

0
Com a força nordestina, Projeto Social transforma realidade de famílias rurais de Botucatu

Esse conteúdo é um oferecimento da Proeste, empresa referência no segmento automotivo e que apoia as boas notícias em Botucatu.

Para chegar ao Bairro Chaparral, são quase 15Km de estrada de terra. O caminho começa em Rubião Júnior e vai até a divisa com Itatinga. Todos os dias, um ônibus escolar passa por este caminho, buscando crianças de casa em casa para levar para o Projeto Rural Irmã Ceci. Este transporte representa a Esperança por dias melhores naquele local. 

Famílias de bairros rurais de Botucatu vivem realidade bem distante da vivida na cidade.

Há mais de seis anos, Dona Cida tem essa rotina. Acompanhada do marido, Erivaldo, ela resolveu brigar por uma causa: Crianças, Jovens e Famílias Rurais de Botucatu. Hoje, o Projeto Rural Irmã Ceci é uma referencia de luta por igualdade de direitos, em Botucatu. Até a paralisação das aulas por conta da Pandemia, cerca de 80 crianças e adolescentes passavam o dia no projeto, no sistema de Creche e Contra-turno escolar. Ali recebem: alimentação, reforço escolar; atividades esportivas e culturais. 

Hoje o projeto funciona em uma linda chácara, com apoio de voluntários, da Secretaria Municipal de Educação e do CMDCA (Conselho Municipal da Criança e Adolescente). Porém, a história foi de muita luta até aqui. 

Dona Cida é uma líder comunitária, que auxilia não só crianças, mas ações de cidadania sobre famílias rurais.

A valentia de uma Nordestina de Fibra

Dona Cida é a típica nordestina valente. Fala alto quando precisa, mas sabe ser dócil quando o coração manda. Ela é natural de Cedro cidade do interior do Pernambuco. Veio para São Paulo e, na capital, começou a descobrir que fazer bem ao próximo era o seu Propósito. 

“Logo que eu cheguei em São Paulo eu me incomodei com a diferença social. Então, nós saiamos pelas ruas do centro, à noite, para entregar Sopa”. 

Em 2012, Dona Cida chegou em Botucatu para um trabalho como líder religiosa. E a trajetória começou justamente na Zona Rural da cidade, onde se deparou com uma realidade muito triste. 

“Na primeira casa que entrei eu vi uma menina em condições precárias, brincando na lama, bem próxima de alguns porcos. Os pais estavam trabalhando e ela estava correndo risco”. 

Logo Dona Cida percebeu que aquela realidade era comum. Enquanto os pais saiam para trabalhar na Roça, as crianças ficavam sem serem assistidas. 

“Na semana seguinte eu já aluguei uma casinha bem simples e comecei a buscar as crianças. Os pais trabalhavam mais tranquilos, pois sabiam que elas estavam alimentadas e limpas. Isso é o básico”. 

Familiares da Dona Cida que ajudam a mulher no Projeto Social.

As dificuldades no começo pareciam intermináveis. Poucos conheciam o problema, logo, poucos ajudavam. A valente nordestina, então, juntou sua família e começou um grande trabalho de divulgação. Logo o poder púbico notou a necessidade daquelas crianças serem assistidas, e o número de voluntários cresceu. 

Hoje Dona Cida é uma referência na cidade, tanto que constantemente é procurada para contar sua história na cidade.

Uma história que nos faz refletir. Quanto maior a dificuldade, para a Dona Cida, maior foi a vontade de continuar o propósito que bravamente persegue.

Gostou desse conteúdo? Deixe seu comentário no campo abaixo! E se você tem uma sugestão e quer ver ela ela aqui, entre em contato pelo e-mail: sugestao.pauta@solutudo.com.br


Esse conteúdo é um oferecimento da Proeste, empresa referência no segmento automotivo e que apoia as boas notícias em Botucatu.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here