Um dos locais mais incríveis para se visitar em Tatuí é sem dúvida o Museu Histórico Paulo Setúbal. É um local que preserva muito a história tatuiana. Não só em seus acervos e exposições, mas no seu próprio prédio.

O hino de Tatuí conta através do verso:

“Nas letras, Paulo Setúbal,
Recebeu seu galardão;”

E recebeu mesmo… Não só em vida com todo o seu reconhecimento literário, mas também depois de sua morte, as homenagens permaneceram. Grande Paulinho! 😎

Paulo Setúbal.

A fundação do prédio

Embora o local esteja muito preservado, a história desse prédio é mais antiga do que se parece. Ele vem lá dos primórdios da cidade, quando ela ainda era chamada de: Tathuy. Difícil até de ler o nome né?! 🤭

E inclusive, o registro feito pelo cartório de registro de imóveis da cidade em 12 de dezembro de 1913 mostra que o local deveria ser construído para abrigar a cadeia pública, fórum, câmara municipal e suas dependências na cidade. Combinado não sai caro! 🤝

O Museu quando ainda era cadeia e fórum.

A idéia de fazer um museu

Em 1937, no ginásio de Tatuí, o professor de português e poeta José Lannes fez uma homenagem a Paulo Setúbal, que tinha morrido recentemente. Um dos alunos presentes era Nilzo Vanni. Nome engraçado né? Se fosse nos dias de hoje, ele seria “zoado” na hora da chamada. Nilzo teve a ideia de reunir materiais para imortalizar os feitos de Paulo Setúbal. Legal né?! Que professor não desejaria um aluno assim!

Com muita luta, o jovem garoto conseguiu reunir muitos materiais, vindo inclusive da família de Paulo Setúbal. Inclusive, foi doado por seu irmão, o brasão que o escritor usava na Academia Brasileira de Letras. Como dizem aqui em Tatuí: “chique hein”?! 😍

Depois, o museu se mudou para um prédio de um banco, que na época se chamava Banco Sul americano do Brasil (hoje banco Itaú), que tinha como principal dono o filho de Paulo Setúbal. Curiosidade né?! Quer descobrir mais curiosidades de Tatuí? Quando terminar de ler essa matéria, clique aqui, e descubra 10 curiosidades sobre TATUÍ.

Voltando ao assunto…

Em 13 de setembro de 1962 o acervo histórico de Paulo Setúbal se uniu ao fórum da cidade, e assim, foi necessário mudar a instalação do museu para o local. E a partir do dia 1 de janeiro de 1965, o Museu passou a ser no local onde é hoje.

Museu em seu local atual, foto antiga.

Mas beleza, quem foi Paulo Setúbal, e o quão importante ele foi pra receber tantas homenagens?

A importância de Paulo Setúbal

Paulo Setúbal (Paulo Setúbal de Oliveira), foi advogado. Entre idas e vindas da faculdade, ora parava para se dedicar na literatura, e depois se decidia voltar para a formação de direito. Também foi jornalista, ensaísta, poeta e romancista, nasceu em Tatuí, SP, em 1º de janeiro de 1893, e faleceu em São Paulo, SP, em 4 de maio de 1937.

Muito influenciado pelo seu professor de infância “Chico Pereira” (outro ícone de Tatuí), Paulo Setúbal se dedicou a sua vida de escritor. Começando como redator de sua faculdade, Paulo lançou livros aclamados pela crítica da época, lançando seu primeiro livro com 3.000 cópias vendidas rapidamente, e criticado por pessoas como Monteiro Lobato.

Além disso, Paulo Setúbal também foi deputado estadual, mas deixou o cargo por problemas com a tuberculose.

Se tornando um grande escritor, ele foi eleito em 6 de dezembro de 1934 para a Academia Brasileira de Letras, sucedendo a João Ribeiro na cadeira 31. Foi recebido em 27 de julho de 1935 pelo acadêmico José de Alcântara Machado. Que chique de novo! 😍😂

O museu hoje em dia

O histórico Museu Paulo Setúbal é aberto ao público. Ele apresenta não só as obras e pertences de Paulo, como também várias outras obras de arte que valem a pena serem vistas. A arquitetura do Museu é preservada, e ainda nos trás uma nostalgia dos tempos passados.

O Museu funciona de terça a domingo, de 9h até às 17h. Se você nunca foi, não perca tempo e visite. E se você já foi, tenha o prazer de ir várias vezes nesse lugar tão precioso pra Tatuí.

Frente do Museu.

Para mais informações sobre o Museu, clique aqui!


Muito legal a história do Museu de Tatuí, né?! você já conhecia essa história? Já visitou o museu? Conta aqui pra gente como foi seu experiência, e o que achou do lugar.

Gostou desse conteúdo? Deixe seu comentário no campo abaixo! E se você conhece alguma história bacana de Tatuí e quer que ela seja contada aqui, entre em contato pelo e-mail: [email protected]

Avalie este conteúdo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui