Esse conteúdo é um oferecimento da Imobiliária Jaú, empresa madrinha que apoia as boas notícias de Jaú.


O Hospital Amaral Carvalho em Jaú é referência internacional no combate ao câncer, e mais uma história incrível de superação surge para nos encher de esperança e deixar o coração quentinho. 💜

Carlos e Luis

Em 2015, o professor de biologia, Carlos Rezende, de Campo Grande/MS, foi diagnosticado com aplasia medular severa. As chances de encontrar um doador compatível era de 1 em 100 mil pessoas.

Eis que Carlos teve uma boa notícia: encontraram um doador na cidade de Jaú! O doador era ninguém menos que Luis Eduardo, de 27 anos, que é cadastrado no Redome (Cadastro Nacional de Doadores de medula óssea) e foi o responsável pelo renascimento do professor. O transplante aconteceu em 2016 no hospital Amaral Carvalho.

Carlos ao lado de Luis Eduardo

De Campo Grande até Jaú!

Curado, o professor saiu de Campo Grande e percorreu 800km de bike e a pé até Jaú. Ao chegar em Bauru, reencontrou Luis Eduardo, juntos percorreram os 5km finais dessa jornada que durou 10 dias, entre 7 e 17 de setembro. O intuito de Carlos, além de agradecer e comemorar sua cura, foi também conscientizar as pessoas a doarem sangue e medula óssea.

“Eu sei que uma pequena porção de sangue de um doador, que estendeu o braço sem saber para quem efetivamente salvou a minha vida”, declara o professor.

De acordo com a Associação Brasileira de Transplantes de Órgãos (ABTO), no Brasil são mais de 40 mil pessoas à espera de um doador… Por isso, se puder, seja um doador também!

Professor Carlos, na divisa entre os estados

Gostou desse conteúdo? Deixe seu comentário no campo abaixo! E se você tem uma sugestão e quer ver ela ela aqui, entre em contato pelo e-mail: sugestao.pauta@solutudo.com.br.


Esse conteúdo é um oferecimento da Imobiliária Jaú, empresa madrinha que apoia as boas notícias de Jaú.

5/5 - (1 vote)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui