Hoje, 19 de agosto, comemora-se o dia mundial da fotografia. Foi nessa data que o cientista François Arago, em 1839, anunciou que o governo da França adquiriu o primeiro processo fotográfico, conhecido como Daguerreótipo. Esse foi um acontecimento marcante e caracterizado como uma revolução. Em outras palavras, era o início da fotografia!

Anos depois, o ato de fotografar passou por diversas mudanças, tanto em relação aos equipamentos, que foram evoluindo, quanto aos fotógrafos e fotografas que foram descobrindo novas formas de registrar.

Existem muitos debates sobre a fotografia ser uma arte ou apenas um processo, um objeto de arte. Fato é que, através da fotografia, é possível registrar e eternizar momentos únicos da história e da vida. Hoje, vamos celebrar essa data compartilhando com vocês os trabalhos de alguns fotógrafos da cidade de Jaú que você precisa conhecer!
Preparem-se para verem fotos incríveis em 3, 2, 1… valendo!

Natalia Turini

Natalia Turini nasceu em 1987 na cidade de Jaú-SP. Residiu durante 8 anos em Londrina-PR, onde se formou Bacharel em Artes Visuais Multimídia. Desde cedo respira arte. Há 12 anos trabalha profissionalmente como fotógrafa e desenvolve seu trabalho autoral. A artista já ministrou oficinas, organizou e participou de eventos de fotografia e realizou exposições e instalações artísticas.

Cleber Ricardo Clemente

Cleber Ricardo Clemente, mais conhecido como Kleber Amaral, 28 anos, publicitário, fotografo, poeta, membro de projetos sociais e hoje diretor da secretária de cultura. Sempre foi um amante da arte e a tem como principal fonte de inspiração. No início, quis aprender sobre fotografia para ajudar jovens e artistas de seu bairro e ciclo social que não tinham conhecimento nem condições de contratar um profissional da área. Kleber é retratista, adora brincar com as cores e é amante do P&B.

Rafaelle Naiara

Rafaelle Naiara, 21 anos, é fotografa na cidade de Jaú e São Paulo. Conheceu a fotografia em 2014 e desde então, se sente salva pela profissão diariamente. Rafa ou Nai, como é conhecida, entende que fotografar é o que à deixa feliz e com a sensação de estar completa, fugindo um pouco da rotina de ansiedade. Hoje, ela dedica seu trabalho a fotografia de retratos e moda e procura dar ênfase em fotografar quem não é visto como belo pela sociedade, e seguem (sem querer) padrões estereotipados/impostos.

Douglas Rocha de Oliveira

Douglas Rocha de Oliveira, 23 anos, mora atualmente em Jaú, e é apaixonado por registrar momentos e vivências através de vídeos e fotos. Fotografa a aproximadamente 07 anos e conta com um vasto portfólio. Pra ele, a fotografia conta histórias, causa emoções, sentimentos, e desperta diversos sentidos nas pessoas que vão além de um simples click. Através do seu trabalho, Douglas busca emanar todos esses sentimentos e fazer com que seja positivo para todos que olharem. Em suas palavras: “A arte salva!”

Lisabely Silvestre

Lisabely Silvestre, de 24 anos, nascida em Jaú-SP é redatora, social media e fotógrafa.
Cursa Publicidade e Propaganda e atua na área juntamente com a fotografia, que exerce a cerca de 04 anos. Apaixonada por arte, música e cultura hip-hop, Lisa busca expressar toda a energia dos momentos registrados. Também atua na área da fotografia publicitária e comercial, com foto de produtos e marcas, mas sua real paixão é a fotografia alternativa e retratista. Para ela, ser fotógrafa é observar o que está ao seu redor e capturar momentos que, se não fossem pela fotografia, talvez ninguém repararia.

Jane Moreira

Jane Moreira, 28 anos, atua na área da fotografia a cerca de 6 anos. Jane tem amor por registrar gestantes, ensaios infantis e retratos. Com seu olhar único para as fotos, ela busca mostrar a essência em todos os seus registros. Se pudesse definir fotografia em uma frase, essa seria: “A Fotografia é a arte de conseguir expressar um momento único, que só pertence a um par de olhos. “

Lucas Dantas

Lucas Dantas, 25 anos, é Jauense e apaixonado por expressões artísticas! Formado em fotografia pelo Senac, Lucas ama fotografias artísticas, expressivas e nu artístico.
Hoje, a fotografia é seu trabalho secundário por falta de tempo, devido a sua faculdade de Educação Física. Lucas ressalta os desafios da área: Desvalorização da profissão e a conciliação com outros trabalhos.

Gostaram de conhecer alguns dos fotógrafos e fotógrafas de nossa cidade? Valorizar a arte local é fundamental. Se você também é um amante da fotografia e gosta de registrar a cidade de Jaú, não deixe de enviar sua foto para o nosso Instagram ou nos marcar na publicação!

A Solutudo deseja muitos cliques para todos que exercem essa linda profissão! 📷


Gostou desse conteúdo? Deixe seu comentário no campo abaixo! Se você conhece alguma história bacana de Jaú e quer que ela seja contada aqui, entre em contato pelo e-mail: sugestao.pauta@solutudo.com.br.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui