Quando se pensa em pescaria, pensamos sempre em um senhor de idade vestindo seu chapéuzinho, não é mesmo? Mas, um casal de Botucatu mostra que a juventude pode sim se interessar por pescaria. 🎣

Paixão desde a infância

Rodrigo e Monique sempre conviveram com a pescaria. Quando eram crianças suas famílias, quando iam pescar, sempre costumavam levá-los para acompanharem e verem de perto a prática.

No início do relacionamento, Monique apenas acompanhava o namorado, Rodrigo, mas quando ficou curiosa para pescar um peixe de grande porte, se apaixonou e não parou mais de pescar!

Divulgação na internet

Após iniciarem a pesca esportiva em pesqueiros, o casal passou a acompanhar canais sobre o assunto e também começaram a participar de eventos, até que Monique teve uma ideia sobre a divulgação de suas pescas.

Hoje nosso Instagram se encontra com 2.500 colegas compartilhando imagens de peixes, diversos lugares, e muitas dicas sobre pescaria, em julho faz 1 ano que criamos o Instagram.

Novas cidades, novos peixes 🐟

Na rede social, o casal mostra toda a prática da pescaria esportiva e incentiva vários jovens a pescarem também. A prática costuma ser feita em pesqueiros. Anderson e Monique já conheceram vários, além de Botucatu, já foram nos pesqueiros de Bocaina, Itú, Rancharia, Estiva Gerbi e Santa Maria da Serra!

Pescando vários tipos de peixes, eles se animam quando pescam algum fora do normal, como por exemplo o peixe Tambacu, que pesa mais de 20 quilos! E para mostrar que não é história de pescador, o casal registra as fotos com o peixe na internet!

“Monique fisgou um Tambacu de 22kg, já eu fisguei um Tambacu e quando fui pesar ele se bateu e não consegui, mas acredito que tinha por volta dos 25kg.”

Monique segurando o Peixe Tambacu

“Quero pescar, como começar?

E para você que é jovem e tem vontade de conhecer mais sobre a pescaria esportiva, Rodrigo aconselha procurar por pessoas da área pra tirar dúvidas e praticar, além de deixar uma mensagem importante para os iniciantes:

“… E uma dica: ter bastante paciência e ser positivo, depois que pegar o primeiro peixe com certeza irá se apaixonar por esse esporte.

Fotos: Anderson Rodrigo Silva

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui