O escotismo é um movimento de caráter educacional, voluntário e sem fins lucrativos. Através dele os jovens têm a oportunidade de se desenvolverem socialmente de uma forma baseada em valores, como o respeito, amizade, fraternidade e no amor pela natureza. Já são milhares de pessoas fazendo parte deste movimento incrível e, por meio, de pequenas ações eles acreditam fortemente em transformar o mundo. Transformação que reflete em mais preocupação com o próximo e com a natureza.

Abaixo você vai conhecer mais informações sobre o Escotismo e conhecer o Grupo Escoteiro Vale do Rio Pardo. Já são seis anos ininterruptos em Santa Cruz do Rio Pardo! Continue a leitura e me conte o que achou!🥰

Foto: arquivo pessoal de Cláudia Andrade.

Escotismo

Ensinar um sistema de valores para a construção de um mundo melhor, de forma que as pessoas desempenhem um papel construtivo na sociedade, este é o objetivo do Escotismo. Fundado em 1907 por Robert Baden-Powell, um ex-general, logo após se afastar do exército na Inglaterra. Ele aproveitou as técnicas militares que sabia e criou o escotismo como estilo de vida e que passou a ser utilizado na educação e desenvolvimento dos jovens.

Grupo Vale do Rio Pardo

Com seis anos, o grupo dos escoteiros Vale do Rio Pardo foi fundado dia 25 de setembro de 2015 por Cláudia Andrade da Silva. Antiga moradora de São Paulo e frequentadora do grupo escoteiro Tacaunas, ao se mudar para Santa Cruz do Rio Pardo resolveu montar um grupo aqui na cidade. Deste modo, seu filho Patrick, sua filha Luiza e seu esposo José, que participavam com ela do movimento, poderiam continuar com as atividades.

Tudo começou na praça São Sebastião com cerca de 15 crianças. Vê-los progredindo como bons cidadãos é o que me motiva, assim como a evolução de meus filhos. Em 2017, fomos convidados pelo casal Rui e Roseli para usarmos o espaço na Rua Frei Domingos Arcebi, no Parque São Jorge, atual e provisória sede do grupo. Hoje, contamos com os chefes (José Wilson, Rea Silvia, Aline, Luciana, Pricila, Yone), dois castores, quatro lobinhos, dez escoteiros e um Rouver”, diz Cláudia Andrade.

Cláudia. Foto: arquivo pessoal.

Existe uma hierarquia e classificação no Grupo Escoteiro de acordo com a idade:

  • Dos quatro aos seis anos de idade: são os castores e amigos da floresta.
  • Dos sete aos dez anos de idade: são os Lobinhos.
  • Dos 11 aos 16 anos: são os escoteiros, vivendo altas aventuras, trilhas e acampamentos.
  • Dos 17 aos 23 anos: são os Rouvers.

Toda a chefia (nome dado aos adultos) são voluntários e trabalham incessantemente com os jovens visando sua integração no mundo, à serviço da sociedade e união à cidadania. Todas as atividades são realizadas em contato com a natureza e o maior desafio é o de os jovens participarem do movimento até se tornarem chefes.

“Daqui a cinco anos, almejamos estarmos em nossa sede própria, um lugar para que cada sessão possa se reunir e guardar seus materiais de atividades escoteiras. Assim como ensinamos, aprendemos muitas coisas com os jovens e isso não tem preço que pague. Mesmo diante a diversos desafios, é sempre uma alegria saber que podemos contribuir”, comenta a chefe e fundadora do grupo.

Atualmente, o Grupo Escoteiro está com uma campanha financeira de juntar latinhas e lacres para obter recursos para acampar e passeios externos, estas ações também visam ajudar as entidades como, por exemplo, com a troca de lacres na confecção de cadeiras de rodas.

Você sabe quais são as leis escoteiras? Olhe na foto abaixo:

Foto: arquivo de Cláudia Andrade.

A esperança é que a cada dia mais novas pessoas façam parte e conheçam o grupo e para participar é bem simples. Segundo Cláudia, só é preciso força de vontade, querer aprender e ensinar. Uma curiosidade do Grupo Escoteiro Vale do Rio Pardo é que os primeiros escoteiros foram Patrick e Luiza Andrade (classificados como lobinhos) e o Isaque Alves que antes era lobinho e hoje é escoteiro e um dos mais experientes do grupo de Santa Cruz do Rio Pardo.

O lema é “Sempre alerta para servir o melhor possível”, pois, para onde for o escoteiro precisa estar preparado, lembrar de seus valores, ser ativo e se tornar forte para realizar o que for preciso.

WhatsApp: 11-99443-3636 ou 14-99805-0526

Facebook e Instagram: @escoteirovaledoriopardo


E aí, você já conhecia este movimento aqui em Santa Cruz?🏕️

me conte o que achou! É bem bacana conhecer os detalhes da nossa cidade, não é?


Confira mais conteúdos especiais para você:

-> Em Santa Cruz reviver é possível: projeto proporciona troca de experiências inesquecíveis

-> Grandioso clube atlético Santa-cruzense forma inúmeros talentos no futebol

-> “Bahia de Todos os Santos”: saiba quem está por trás da coreografia que rende troféus para Santa Cruz do Rio Pardo


Gostou desse conteúdo? Deixe seu comentário no campo abaixo! E se você conhece alguma história bacana de Santa Cruz do Rio Pardo e quer que ela seja contada aqui, entre em contato pelo e-mail: [email protected]

Siga Solutudo Santa Cruz do Rio Pardo nas mídias sociais:

CLIQUE AQUI PARA FACEBOOK!

CLIQUE AQUI PARA INSTAGRAM!

Avalie este conteúdo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui