A escolha da profissão ideal, aquela que satisfaz seus desejos pessoais e financeiros, é realmente difícil. Muitas pessoas optam por uma carreira, outrora seguem outros caminhos. Assim é a vida, cheia de decisões e descobertas. Em Santa Cruz do Rio Pardo, tem Lucimar Freitas, sua história de vida revela batalhas e muita força de vontade. Diante de inúmeros impasses, coragem é sinônimo da Fisioterapeuta. Seu trabalho faz considerável diferença na cidade. Olha só:

Abaixo você conhecerá quem é Lucimar e seu legado promissor na ajuda de muitos pacientes!

Lucimar Freitas. Foto: arquivo pessoal.

Lucimar Carvalho de Freitas é casada com José e mãe de Rafaela, Ronaldo e Paulo. A mineira decidiu traçar a sua história em Santa Cruz do Rio Pardo com título de magistério. Fazer um curso superior era um dos seus maiores sonhos, este se concretizou ao seu ingresso na faculdade de Educação Física. Mas de repente acendeu uma chama dentro de si, quando entrou em contato com as primeiras matérias e conhecimentos no campo da Fisioterapia, foi amor de imediato. Aquilo despertou sua atenção e daquele momento em diante Lucimar começou a olhar para a área vislumbrando uma auto realização.

“Eu comecei com o curso de educação física. O exercício é muito importante e faz muita diferença na vida das pessoas. Eu sabia que o meu caminho era cuidar da saúde e ajudar o próximo, e ao ingressar na faculdade descobri o campo da Fisioterapia e fiquei encantada. Pois era uma profissão que cuidaria desde a prevenção ao tratamento da lesão”, relata Lucimar de Carvalho.

Rumo aos anseios, a profissional conta que trancou a faculdade de Educação Física e mais tarde matriculou-se em Fisioterapia. Mas não foi nada fácil, perante ao processo a superação de variados desafios que rendem no presente, admiração. Ela encarou as barreiras e deixou a idade de lado para investir no que almejava, se formando Fisioterapeuta aos 55 anos de idade.

“Me encontrei. Hoje, estou atuando e buscando a cada dia mais o meu espaço. Foi uma realização que deu um “up” em minha vida. Me ver fazendo a diferença na vida dos pacientes. Ajudando na recuperação, desbloqueando traumas para que eles possam ter a possibilidade de criar novas realidades”, comemora a Fisioterapeuta.

Os filhos deram o maior apoio, foram crucial e deram a destreza para continuar. Toda a conquista foi festejada em família. O mais bacana: foi em uma sessão de micro fisioterapia que Lucimar eliminou os bloqueios da sua vida para seguir a carreira. “Eu tive a diferença em minha vida, eu quero fazer a diferença em outras vidas também”, assume.

Diferença na cidade

Em nosso município, a Fisioterapeuta aborda o paciente ouvindo e observando os mínimos detalhes dos físicos ao emocionais. A fim de buscar as melhores técnicas para contribuir com o seu trabalho. Agulhamento seco, ventosa, auriculoterapia, drenagem linfática, pedras quentes, cromoterapia e aromaterapia são alguns dos procedimentos. Cada tratamento é específico para cada caso e pessoa, mas em todos eles o objetivo é identificar a causa da doença ou distúrbio e estimular a cura, promovendo o equilíbrio e a manutenção da saúde.

Os feedbacks são positivos. Após o Covid-19, a Fisioterapia tem sido mais procurada, seu papel vem crescendo exponencialmente nos últimos tempos o que tem melhorado a qualidade de vida, a prevenção de muitas patologias e proporcionado o bem estar para pacientes realizarem suas atividades diárias com êxito. A cada diagnostico é mostrar que a evolução está em não desistir e as pequenas vitórias são para serem celebradas, não importa qual for o problema.

Uma experiência marcante da profissional foi um trabalho no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) conciliado aos primeiro anos de faculdade, um projeto de pintura em tela e tecidos. Destinado a pessoas no tratamento de câncer e problemas psicológicos. O resultado daquele trabalho era tão espetacular, em um mês melhorava a autoestima e dava mais sentido tanto na vida dos doentes como na dos colaboradores. Sobretudo, abriu ainda mais a visão de Lucimar para área da saúde.

Foto: arquivo pessoal de Lucimar.

A meta da empreendedora e fisioterapeuta é dar início a um projeto e centro interdisciplinar para reunir a parte holística e a reabilitacional. Segundo ela, isto transformaria os pacientes renovados para viver como borboleta: fluindo para a vida e o universo.
Atendendo online e na Avenida Esther Amaral Santana,405, Santana 1, a esperança é levar esperança, alternar vidas para melhor, principalmente deixar um legado em sua terra querida, na nossa Santa Cruz do Rio Pardo.

“Ser fisioterapeuta é gratificante. Realizar a diferença na vida das pessoas que me procuram, olhar o sorriso de agradecimento me torna mais segura para realizar a minha missão aqui, na terra”, finaliza Lucimar.

Esta foi mais uma história inspiradora de luta e persistência! Além de conhecer Lucimar, agora você sabe um pouco sobre a fisioterapia, onde ir em Santa Cruz caso precisar de uma consulta, cuidados e atendimento de qualidade para solucionar entraves na sua saúde física, mental e social.


Conteúdos e diversas histórias encantadoras da cidade estão aqui! 🥰


Leia mais:

-> “Sempre alerta para servir o melhor possível”. Conheça o Grupo dos Escoteiros Vale de Santa Cruz do Rio Pardo

-> Shirley Rossim é terapeuta ocupacional santa-cruzense que tem a brilhante missão de ajudar as pessoas

-> Culinária incomparável e surpreendente é de uma santa-cruzense


Gostou desse conteúdo? Deixe seu comentário no campo abaixo! E se você conhece alguma história bacana de Santa Cruz do Rio Pardo e quer que ela seja contada aqui, entre em contato pelo e-mail: [email protected]

Siga Solutudo Santa Cruz do Rio Pardo nas mídias sociais:

CLIQUE AQUI PARA FACEBOOK!

CLIQUE AQUI PARA INSTAGRAM!

Avalie este conteúdo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui