E mais uma vez o decreto de quarentena foi excedido, com isso, devemos permanecer em casa por mais alguns dias. Durante esse tempo, você já se perguntou o que mais sente falta na sua antiga rotina? Para alguns, são lugares, pessoas, comidas, hábitos, entre outras coisas espalhadas pela cidade.

Pensando nisso, e a fim de te deixar um pouquinho mais próximo do seu local preferido, a Solutudo mostra alguns pontos famosos de Presidente Prudente e que lotavam de gente antes da quarentena.

Parque do Povo

A extensa área verde localizada na parte central da cidade de Presidente Prudente é muito famosa por aglomerar centenas de pessoas em todos os horários do dia. O espaço possui pista de skate, ciclovias, playground e tudo que você precisa para ter um período relaxante ou de exercícios.

É o que conta a professora de educação física, Jacqueline Bratifisch, que frequentava o famoso “PDP” diariamente para trabalho e lazer. Segundo ela, o fato de praticar atividades físicas ao ar livre, faz grande falta na vida de um profissional que atua nessa área.

“O espaço do Parque do Povo é maravilhoso para praticar vários exercícios, desde esportes, funcional, alongamentos, entre outros. Eu também passeava bastante com a minha cachorrinha, tirava fotos ou apenas ficava sentada conversando com os amigos. Embora com a quarentena, tentamos adaptar as coisas dentro de casa como atividade física e contato online, eu ainda espero que isso passe logo e possamos conseguir retomar as atividades normalmente”, comenta.

Galpão da Lua

Esse coletivo é conhecido como um ponto de cultura que une artistas da cidade, nos segmentos de teatro, circo, música, produções audiovisuais e blocos de carnaval. O Galpão está localizado próximo a linha do trem e, antes de ser lacrado, era responsável por sediar aulas de percussão, tecido, yoga, espanhol, além de encontros dos demais coletivos que sustentam movimentos culturais na cidade.

A artista Julia Duran Martinez, é uma entre os vários membros de coletivos que frequentavam o Galpão da Lua em seus momentos livres.

“Eu sou militante do Levante Popular da Juventude, então, temos muita proximidade com o eixo da cultura, pois existe uma relação de companheirismo com a galera do Galpão da Lua; quando penso em cultura e resistência o primeiro lugar que vem na minha cabeça é lá. O espaço tem uma estrutura muito boa e, o que eu mais fazia lá era ir em reuniões e eventos. É um lugar divertido de se estar, que possui muita resistência de prudente no eixo de cultura, política e outras formas”, ressalta.

Pico da Neblina

Um dos pontos panorâmicos mais famosos de Presidente Prudente é o Pico da Neblina, localizado nas proximidades do Residencial Florenza. O local é conhecido por jovens que frequentam o espaço para beber e conversar durante a noite, enquanto apreciam a vista da cidade.

Prudentinos relatam os locais que mais sentem falta na cidade nesse período de quarentena
Edvaldo (de preto à direta) e seus colegas da faculdade. (Foto: Reprodução/Instagram)

Assim como o caso do estudante de engenharia ambiental, Edvaldo Menezes, que visitou o local pela primeira vez em 2018.

“A baixa luminosidade de seu entorno permite visualizar perfeitamente as estrelas no céu em dias com pouca nebulosidade, o que faz de lá um ótimo ponto de escape para se desestressar depois de um semestre turbulento na faculdade. Recomendo muito a visita para todos os prudentinos que ainda não o conhecem, e que queiram sair um pouco do ambiente urbano ao final desse período de quarentena”, relata.

Prudentinos relatam os locais que mais sentem falta na cidade nesse período de quarentena
Douglas cursa Ciências Biológicas na Unoeste. (Foto: Reprodução/Instagram)

Douglas dos Reis, também é um dos estudantes que procuram o Pico da Neblina sempre que deseja relaxar após a semana exaustiva.

“Para mim, é um ponto turístico, afinal, dá para se ter uma imagem muito bonita da cidade por ali, vejo como um ótimo lugar para se conhecer. É um espaço tranquilo e gostoso, então, eu particularmente gosto de ir com meus amigos lá, principalmente depois de uma semana cansativa de provas. Dá para relaxar estando ao lado de quem a gente gosta e, apreciar a vista”, conta.

Santa Helena Villa Country – Balancê

O local em seus tempos antigos sediava festas e bailes da terceira idade, porém, nos dias atuais, o Balancê é popularmente conhecido por sua conexão com as universidades da cidade. Fato que intensificou o sucesso do espaço ser considerado um ponto de encontro entre os jovens prudentinos. Além disso, o lugar por ser mais arejado, de fácil acesso e econômico, com ingressos acessíveis ao bolso do universitário, é um diferencial.

Certamente, o Balancê está no topo da lista de locais preferidos de muitos estudantes da cidade. Como é o caso do dicente de direito, Victor Correia, que frequentava o local praticamente todo fim de semana.

“Costumava ir com meus amigos, é como se fosse a segunda casa do universitário, íamos umas quatro vezes por mês. É difícil dizer algo específico que eu mais gostava; a vibe do lugar é diferente, pois o universitário da região tem uma relação apegada ao Balancê, não consigo explicar ao certo o porquê, pois é algo que se sente. Os eventos são incríveis e considero o melhor local para festas universitárias na cidade”, finaliza.

Esses são alguns dos pontos que são a cara de Presidente Prudente. Mas e você, qual o lugar que sente mais falta de frequentar na cidade?
(Foto de capa: Marcel Sachetti)


Gostou desse conteúdo? Deixe seu comentário no campo abaixo! E se você conhece alguma história bacana da sua cidade e quer que ela seja contada aqui, entre em contato pelo e-mail: sugestao.pauta@solutudo.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui