No Dia Mundial da Voz, iremos abordar a importância de um dos principais instrumentos de comunicação: a fala. Essa é uma ferramenta muito utilizada diariamente, portanto, para que não seja afetada de alguma forma, alguns cuidados básicos são necessários a serem tomados e incorporados ao dia a dia, a fim de mantermos uma voz agradável e saudável.

Pensando nisso, a fonoaudióloga Dra. Débora Godoy Galdino, esclarece algumas dúvidas sobre a evolução da fala em diversas idades e fases da vida, além aconselhar métodos de higiene vocal a serem praticados para a prevenção da voz.

Fonoaudióloga explica a importância dos cuidados com a voz em todas as fases da vida humana
Débora é graduada em fonoaudiologia pela Usp/Bauru. (Foto: Arquivo Pessoal)

Criança

Solutudo: Sabemos que os cuidados com a voz devem ser tomados desde as primeiras palavras, mas quanto a idade média que as crianças devem começar a falar, caso esse tempo limite for excedido, quais providencias os pais devem tomar?

Débora: É importante que até 1 ano ou 1 ano e meio as crianças já estejam falando as primeiras palavras, se isso não acontecer até essa idade é importante levá-la ao pediatra e fazer uma avaliação auditiva, passar pelo fonoaudiólogo e fazer a estimulação dessa linguagem o mais rápido possível.

Adolescente

Solutudo: No período de puberdade notamos uma mudança no tom da voz, como funciona esse fenômeno? Há casos dele não acontecer? Se sim, como deve ser tratado?

Débora: Esse fenômeno chamado “Muda Vocal”, dura cerca de seis meses a um ano; ele é comum e ocorre nos meninos em torno dos 14 a 15 anos e nas meninas entre os 12 e 15 anos, sendo mais evidente nos homens. Quando acontece da voz do garoto não ficar grave, raríssimas vezes são por conta de hormônios, na maioria são devido a problemas psicogênicos (quando há alteração no corpo, porém o vocal não muda) portanto, deve-se recorrer ao tratamento fonoaudiólogo.

Adulto

Solutudo: Na fase adulta, muitos utilizam a voz como instrumento de trabalho… Como podemos estar fazendo a famosa higiene vocal nesse período? Quais os benefícios dessa prática?

Fonoaudióloga explica a importância dos cuidados com a voz em todas as fases da vida humana
(Foto: PhotoJoiner)

Débora: A higiene vocal são os cuidados básicos com a voz, que ajudam para que você tenha uma boa manutenção da qualidade vocal, preservando sua voz por mais tempo e evitando problemas futuros por uso excessivo da fala; ou seja:

– Hidrate-se, tome bastante água;
Evite café e chocolate antes de utilizar a voz;
Evite leite e derivados;
Evite bebidas gasosas;
– Álcool e cigarro são altamente prejudiciais.

Idoso

Solutudo: Ao atingirmos a fase idosa, notamos várias complicações na fala, quais delas são as mais comuns? Normalmente, como esses efeitos são ocasionados e quais os métodos de tratamento?

Débora: O envelhecimento da voz é chamado de “Presbifonia”, ele ocorre em mulheres ao atingirem a menopausa e homens após os 60 anos. Essa perca de qualidade e flexibilidade na voz incomodam os idosos, que podem estar fazendo alguns exercícios de aprimoramento e melhoria na voz, que foram provocadas pelas mudanças na laringe, como a atrofia muscular, pois os músculos da laringe também envelhecem e a calcificação das cartilagens laringe.


Vale ressaltar que em relação ao período de pandemia, muitos pacientes afetados pelo o Covid-19 estão sendo entubados, quanto a isso, a fonoaudióloga adverte que podem ocorrer lesões na laringe causadas pelo tubo de ventilação que passa pelas cordas vocais.

Portanto, não se esqueça de tomar os devidos cuidados com a voz, corpo e mente durante essa quarentena!


Gostou desse conteúdo? Deixe seu comentário no campo abaixo! E, se você conhece alguma história bacana da sua cidade e quer que ela seja contada aqui, entre em contato pelo e-mail: sugestao.pauta@solutudo.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui