Você sabia que existem técnicas desenvolvidas por fisioterapeutas que aliviam a tensão no organismo e também dores em determinados órgãos?

Hoje, mostraremos duas delas que são realizadas por profissionais de Presidente Prudente, com objetivo de aconselhar na prevenção da saúde corporal.

Reflexologia

Kelly massageando os pontos de reflexos (Foto: Arquivo pessoal)

Essa técnica milenar chinesa ajuda a aliviar dores, além de auxiliar no relaxamento e no sistema imunológico da pessoa.

A fisioterapeuta Kelly de Andrade utiliza essa prática em grande parte de seus pacientes, mas também afirma a possibilidade da automassagem realizada em casa.

“O correto é pressionar o local para que ao diminuir a pressão, traga um aumento de sangue naquele lugar, melhorando a circulação sanguínea. Existem pontos que refletem a órgãos espalhados por todo o corpo, principalmente nas mãos e pés”, comenta.

Segundo Kelly, cada parte do nosso corpo está interligada, e com base nisso, ela nos deu algumas dicas que podem ser aplicadas a domicílio durante o dia a dia.

técnicas fisioterapêuticas que reduzem dores e estresses
(Foto: Dashangu)

1ª: A respiração é algo muito importante, quando estamos estressados respiramos mais rápido e superficialmente. Faça respiração consciente por alguns minutos que ajudará a diminuir o hormônio cortisol, que é o hormônio do estresse.

técnicas fisioterapêuticas que reduzem dores e estresses
(Foto: Freepik)

2ª: Massageie os pés de forma geral com os próprios polegares, utilizando creme corporal. Aperte e faça flexões, com o intuito de tirar o sangue estagnado (parado), para que haja circulação de oxigênio naquele local.

técnicas fisioterapêuticas que reduzem dores e estresses
(Foto: metodoselfhealing)

3ª: Pegue uma bolinha de tênis, coloque nos pés e faça movimentos rotativos nos locais que sinta estarem doloridos. Comece sentado, caso não houver pressão o suficiente, levante-se.

técnicas fisioterapêuticas que reduzem dores e estresses
(Foto: newlifedayspa)

4ª: Massageie as pernas, principalmente a parte inferior (panturrilha), caracterizado como o segundo coração do corpo, é onde ajuda a fazer o retorno do sangue até o coração para que ele seja filtrado.

técnicas fisioterapêuticas que reduzem dores e estresses
(Foto: 60maisativa)

5ª: Pressione o pescoço e a cervical, fazendo leves movimentos, pois músculos tensionados trazem dor de cabeça e enxaqueca. 90% dos casos são por tensão muscular.

técnicas fisioterapêuticas que reduzem dores e estresses

6ª: Procure dormir em posição fetal, virado para o lado esquerdo, visto que melhora o fluxo sanguíneo. Use um travesseiro na altura ideal do pescoço, e coloque outro entre as pernas para posicionar melhor o quadril. 

Liberação Miofascial

(Foto: Arquivo pessoal)

É uma técnica de terapia manual que funciona através da pressão, deslizamento e alongamento das fibras musculares. Sempre foi muito utilizada na área esportiva, porém ao observar os benefícios da técnica, esta foi ampliada para o tratamento de lesões crônicas.

Os casos mais comuns que a fisioterapeuta Marina Franco atende, estão relacionados à postura, tensões por movimentos repetitivos e por estresse emocional.

“Além desses, também atendo casos de traumas, movimentos rápidos que geraram espasmos musculares, exercícios mal monitorados na academia, jogadores de bola de final de semana e atletas que estão apresentando alguma sobrecarga nos treinos”, comenta.

Para a prevenção dos sintomas mais frequentes, a fisioterapeuta aconselhou ficar em alerta com as seguintes causas:

técnicas fisioterapêuticas que reduzem dores e estresses
(Foto: hospitalsaomatheus)

1ª: Sempre observe sua postura. Quem trabalha muito tempo sentado em frente ao computador, além de precisar adequar o espaço de trabalho, precisa fazer pausas e alongamentos.

técnicas fisioterapêuticas que reduzem dores e estresses
(foto: clinicacuidarmais)

2ª: Muitas lesões têm relações com o sedentarismo. Os músculos ficam encurtados e pouco oxigenados, gerando o aumento de tensões e dores.

(Foto: centerforeyecare)

3ª: Dores de cabeça, na região cervical e punho estão cada vez mais comuns por causa do uso do celular.

(Foto: cn1)

4ª: Os músculos com pontos de tensão podem acelerar um processo de degeneração articular, como artrose; além gerar formigamentos e perda de força; levar a um quadro depressivo por conta da dor intensa e limitante e afastamento do trabalho.

Aos que não acreditam em resultados sem medicação, Kelly e Marina garantem que é possível!

Serviço

Acompanhe suas postagens com dicas e cuidados com o corpo humano pelas redes sociais:
Kelly de Andrade Souza Prado
Marina Franco de Godoy Eto


Gostou desse conteúdo? Deixe seu comentário no campo abaixo! E, se você conhece alguma história bacana da sua cidade e quer que ela seja contada aqui, entre em contato pelo e-mail: sugestao.pauta@solutudo.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui