Nesta manhã (13/12), a Associação Filantrópica de Proteção aos Cegos de Presidente Prudente realizou sua confraternização de fim de ano, aproveitando a data em comemoração ao Dia Nacional dos Cegos.

O evento aconteceu na própria sede da instituição, tendo como foco principal a revelação do amigo secreto, que contou com a participação dos convidados e funcionários da Associação. Além de música ao vivo, distribuição de cestas de natal, atrações e presentes para as crianças e, por fim, muita pizza e sorvete aos que estavam presentes.

A educadora social, Denise Gregory Trentin, relata que apesar da festa, a Associação continuará aberta com os profissionais, entretanto o transporte fornecido pela Secretaria de Educação da Prefeitura entrará de férias.

“A pessoa com deficiência visual tem dificuldade para se locomover até aqui, então, os interessados podem continuar frequentando, mas por conta do transporte a vinda durante as férias dificulta, apesar disso, ainda estaremos abertos com os profissionais, tanto agora quanto em janeiro.”, diz Denise.

Tempo de mudança

O ano de 2019 trouxe consigo muita renovação a Associação aos Cegos, que passava por dificuldades para se manter no ano anterior, quase chegando a ser entregue à promotoria.

Recentemente, o prédio passou por manutenção, além de muitas mudanças positivas na direção, quando o presidente Lourenço Augusto Thomazoni de Carvalho, assumiu o cargo junto ao vice-presidente Jorge Camilo Isper, também deficiente visual.

“O primeiro passo que auxiliamos na aprendizagem do cego é ensinar a usar a bengala, além do braile que é o português, o soroban que é a matemática. A educação física, a psicóloga, a assistente social, a fisioterapeuta. Enfim, temos tudo que é necessário para uma entidade”, comenta Lourenço.

Vice-presidente da Associação Jorge Isper e Presidente Lourenço Thomazoni. (Foto: Letícia Petile)

Atualmente, a instituição atende cerca de 91 pessoas de Presidente Prudente e região, desde crianças a idosos, e em tempo integral.

São fornecidas oficinas de culinária, costura, jardim sensorial, informática, e principalmente de fotografia, comandada pelo professor José Carlos, que já tem feito muito sucesso por lá, até mesmo encantando a aluna Elisabeth Maria Viana Lourencetti, que possui um carinho especial por esse projeto.

“Nós temos os celulares adaptados com a sensibilidade, aprendemos a fotografar pessoas e coisas. Foi muito bom, eu já me sinto preparada para tirar fotos do meu netinho que está por vir”, conta Elisabeth.

Elisabeth com João Carlos, seu professor de fotografia da Associação aos Cegos. (Foto: Letícia Petile)

A Associação também possui a presença de atletas profissionais e que participam de campeonatos regionais, assim como o nadador e corredor, Romildo Luiz da Silva, que conheceu o esporte através da instituição em 2016.

“O que mais gosto de praticar aqui é a educação física, mas no geral o ambiente é bem prazeroso, as pessoas vêm porque gostam de interagir, conversar e cumprimentar aqueles que passam pelas mesmas dificuldades.”

Associação Filantrópica de Proteção aos Cegos está de portas abertas a todos deficientes visuais que desejam ingressar no próximo ano. Aos interessados, deverão entrar em contato e agendar uma visita.

Venha fazer parte desse lugar que apoia uma causa social!

Serviços

Associação Filantrópica de Proteção aos Cegos de Presidente Prudente
Endereço: Rua Thomaz Matheus, 500 – Jardim Itapura I
Telefone: (18) 3223-2211
Email: escolaparacegos@yahoo.com.br
Site: www.associacaodoscegos.org.br
Facebook: Cegos Reabilitação Prudente


Gostou desse conteúdo? Deixe seu comentário no campo abaixo! E se você conhece alguma história bacana da sua cidade e quer que ela seja contada aqui, entre em contato pelo e-mail: sugestao.pauta@solutudo.com.br

Avalie este conteúdo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome aqui